Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Computador e livros de universitário que matou os pais são apreendidos pela polícia

| 04/08/2021 15:16 h | Atualizado em 04/08/2021, 16:00

A Polícia Civil apreendeu uma faca, computador e livros com mensagens sobre satanismo que pertenciam ao estudante de Medicina Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, acusado de matar os pais a facadas na madrugada desta quarta-feira (04) no apartamento em que eles moravam em Itapuã, Vila Velha.

De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca e será apurado pelo Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.

Guilherme Heringer Cesar tinha 22 anos
Guilherme Heringer Cesar tinha 22 anos |  Foto: Reprodução / Instagram @guiheringerc
Como neste caso o principal suspeito cometeu suicídio após o crime, o inquérito policial terá o objetivo de comprovar a autoria. Caso a conclusão aponte para o filho do casal, haverá extinção de punibilidade, quando não há mais como impor ao acusado uma pena.

Os materiais serão encaminhados à perícia criminal e juntados todos os laudos e levantamentos ao final adas investigações.

Os corpos do casal foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde passarão por exame cadavérico e serão liberados para os familiares para enterro.

Entenda

Imagens registradas no apartamento onde o casal foi morto
Imagens registradas no apartamento onde o casal foi morto |  Foto: Divulgação
O médico urologista e pastor Paulo de Oliveira Cesar e sua esposa, Raquel Heringer Cesar, foram encontrados mortos dentro do próprio apartamento, em Itapuã, Vila Velha, na madrugada desta quarta-feira (04). A suspeita da polícia é que o assassino seja o filho dos dois, o universitário Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, que teria tirado a própria vida após o crime.

No imóvel, foi encontrado um ambiente macabro, com inscrições ligadas ao satanismo nas paredes do apartamento, impressionou os familiares. Páginas de bíblia rasgada, cruzes pintadas de vermelho nas paredes e nas portas e a inscrição "666" (que na Bíblia remete ao 'número da besta') foram encontrados no interior do apartamento.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS