X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Casa assaltada e prejuízo de R$ 5 mil

| 22/01/2020 11:20 h

Bandidos reviraram residência na Serra: até perfumes foram levados
Bandidos reviraram residência na Serra: até perfumes foram levados |  Foto: Fábio Nunes/AT

Chegar em casa e ver os móveis revirados, as portas abertas e eletrodomésticos faltando. Foi essa a cena que uma família do bairro Praia de Capuba, na Serra, teve ao voltar para a residência depois de um dia de trabalho no final da tarde da última segunda-feira (20).

Bandidos arrombaram a residência e levaram notebook, televisão, botijão de gás, pertences pessoais como brincos e maquiagens, além de vários perfumes de marca, produtos que a dona da casa vendia. O prejuízo foi de cerca de R$ 5 mil.

“Cheguei do trabalho às 17h40. O portão estava semiaberto e a porta da frente também. Já imaginei que tínhamos sido roubados. Deu um frio na barriga”, contou a vendedora de 40 anos. Ela e o marido preferiram não se identificar.

A vendedora tinha acabado de sair do trabalho e buscado a filha do casal, de 7 meses, quando se deparou com a casa revirada. “Liguei para o meu marido, mas ele não estava atendendo. Então liguei para o Ciodes. Foi quando ele chegou”.

O mecânico montador, de 30 anos, constatou que os bandidos tinham entrado pela porta dos fundos da casa, na cozinha. “A porta de trás estava arrombada, sem o miolo. Eles entraram por lá, fizeram a limpa e saíram pela frente com as coisas”, explicou.

Além do prejuízo financeiro, o fator emocional também entra na conta. “Eles levaram brincos meus que nem eram joias, mas tinham sido presentes de uma amiga que não está mais entre nós, e tinham grande significado para mim”, relatou a vendedora.

Preocupada depois de terem a casa saqueada, a família assaltada na Serra pretende reforçar a segurança da residência. “Vamos colocar grades na janela e na porta, além de reforçar as fechaduras. Também vou ver com um pedreiro para construirmos um muro”, afirmou o mecânico montador.

Segundo ele, há pouco tempo, uma outra propriedade da rua também foi arrombada. “Quando andei pela vizinhança perguntando se alguém tinha visto a movimentação dos bandidos, me contaram que uma mercearia foi arrombada recentemente. Fiquei surpreso. Moro aqui há 15 anos e nunca vi nada desse tipo”, disse.

Os bandidos reviraram a casa, exceto o quarto da bebê do casal. “Foi o único guarda-roupas que eles não reviraram”, disse a vendedora.

A família acredita que os bandidos ficaram vigiando a rotina deles. “Eles sabiam exatamente a hora em que não tinha ninguém em casa. Acredito que tenham ficado de tocaia”, desabafou.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS