X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Carga de fertilizante avaliada em R$ 200 mil é recuperada pela polícia no ES

A carga foi enviada da Noruega e seria entregue em empresa da Serra, mas acabou furtada

Kananda Natielly | 02/08/2022 17:41 h

Carga de fertilizante foi recuperada
Carga de fertilizante foi recuperada |  Foto: Taynara Nascimento
 

A Polícia Civil recuperou uma carga de 34 toneladas de fertilizante, que está avaliada em R$ 200 mil e havia sido furtada  na última semana. O material foi enviado da Noruega e deveria ser entregue em uma empresa da Serra, que comprou o produto. 

A carga foi encontrada pela Delegacia Especializada de Crimes Contra o Transporte de Cargas (DCCTC) em um galpão situado no Civit I, no mesmo município, de onde, supostamente, sairia para ser revendida, conforme a polícia. 

No local onde estavam as  34 toneladas do fertilizante, os policiais encontraram cerca de 10 homens, todos em situação de rua, que estavam sob efeito de drogas e álcool, fazendo a embalagem  e carregamento da carga de forma mais rápida. À polícia eles disseram que recebiam R$100 a cada 24h trabalhadas ininterruptamente. 

A polícia chegou até o material furtado, após uma denúncia anônima, feita na última quinta-feira, apontando o local onde a carga estaria. "Ela veio da Noruega, chegou no Porto de Capuaba e deveria ter ido para empresa da Serra, mas teve um furto no meio caminho e ela acabou parando nesse galpão”, disse o  titular da  Delegacia Especializada de Crimes Contra o Transporte de Cargas (DCCTC), delegado Brenno Andrade.

Ele explicou ainda que os homens em situação de rua acabaram não sendo detidos, uma vez que eles sequer sabiam sobre a origem da mercadoria.

"Eles não tinham noção, então, a Polícia Civil achou por bem ouvir essas pessoas, porque de fato, o que interessa para nós é saber quem foi o responsável por esse desvio e quem foi o responsável pela compra dessa carga”, disse.

As investigações continuam para que todos os responsáveis pelo crime  sejam localizados. De acordo com o delegado, essa é a primeira vez que uma carga de fertilizante é desviada no Estado.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS