X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Caminhão com carga de café, avaliada em R$ 500 mil, é apreendido no ES

Na mesma operação, os auditores autuaram cargas de perfis de alumínio e papeis higiênicos e guardanapos

Larissa Maestri, com informações da Sefaz | 20/07/2022 17:39 h

A carga de café foi apreendida e a multa para a liberação dela ficou em R$ 199.748,12. Na mesma operação, os auditores autuaram cargas de perfis de alumínio e papeis higiênicos e guardanapos – todos sem notas fiscais
A carga de café foi apreendida e a multa para a liberação dela ficou em R$ 199.748,12. Na mesma operação, os auditores autuaram cargas de perfis de alumínio e papeis higiênicos e guardanapos – todos sem notas fiscais |  Foto: Divulgação/Sefaz
 

Uma carga de café avaliada em R$ 496 mil foi apreendida por auditores fiscais da Secretaria da Fazenda (Sefaz), nessa terça-feira (19).

A ocorrência se deu quando o motorista apresentou a nota fiscal da carga com origem em Iúna e iria para o Estado de Sergipe. Porém, ao ser questionado pelos auditores fiscais que estavam atuando em São Mateus, o motorista admitiu que o caminhão foi carregado no município de Colatina.

O auditor fiscal da Receita Estadual, Orlando Anastácio, subgerente Fiscal da Região Nordeste, que participou da operação, explicou que como a nota fiscal apresentava uma informação e o motorista disse outra coisa, isso já demonstrava irregularidade.

“O fato de a nota fiscal apresentar uma informação e o motorista confirmar outra já comprova que o documento apresentado não estava regular. Além disso, a equipe constatou que o documento fiscal é de uma empresa suspeita de ser fantasma”, explicou 

A ocorrência se deu quando o motorista apresentou a nota fiscal da carga com origem em Iúna e iria para o Estado de Sergipe. Porém, ao ser questionado pelos auditores fiscais que estavam atuando em São Mateus, o motorista admitiu que o caminhão foi carregado no município de Colatina
A ocorrência se deu quando o motorista apresentou a nota fiscal da carga com origem em Iúna e iria para o Estado de Sergipe. Porém, ao ser questionado pelos auditores fiscais que estavam atuando em São Mateus, o motorista admitiu que o caminhão foi carregado no município de Colatina |  Foto: Divulgação/Sefaz
 

A carga de café foi apreendida e a multa para a liberação dela ficou em R$ 199.748,12. Na mesma operação, os auditores autuaram cargas de perfis de alumínio e papeis higiênicos e guardanapos – todos sem notas fiscais.

“A multa para os transportadores dos perfis de alumínio ficou em R$ 50.997,10 e para os de papeis higiênicos e guardanapos, em R$ 17.049,97. Essas duas multas já foram pagas e os produtos liberados”, afirmou Anastácio. 

A operação em São Mateus contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS