X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Briga por dívida de aluguel termina em agressão na Serra

| 22/03/2021 20:42 h

3ª Delegacia Regional da Serra
3ª Delegacia Regional da Serra |  Foto: Beto Morais/Arquivo AT 16/11/2018

A dona de uma casa e a inquilina dela foram parar na delegacia, após uma briga por conta de uma dívida de aluguel. O imóvel onde tudo aconteceu fica em Nova Almeida, na Serra, e a proprietária dele, de 50 anos, desligou o padrão de energia da moradora, uma dona de casa de 30 anos, que se revoltou e partiu para cima dela.

De acordo com o registro policial, as agressões começaram após uma discussão entre as duas mulheres, na noite do último sábado (20). A dona da casa teria ido até o local para cobrar os meses de aluguel que estavam vencidos, além de contas de energia, quando acabou discutindo com a inquilina.

A Polícia Militar foi acionada e quando chegou, ambas mulheres dispensaram o serviço dos militares, alegando que iriam se entender na conversa. Horas depois, os mesmos policiais foram chamados para irem até o local e quando chegaram, encontraram inquilina e dona de casa feridas.

Aos policiais, a dona de casa contou que a inquilina devia alguns meses de aluguel e que além disso, não teria pago algumas contas de energia. Ela afirmou que teria ido até a residência na tentativa de resolver o problema da melhor forma possível, mas que ao chegar no local, a moradora teria se alterado.

Já a inquilina, disse aos militares que além da mulher ter ido até o local e ter desligado o padrão de energia sem falar nada, ela teria dito palavras de baixo calão, provocando uma discussão entre as duas e que posteriormente. Ela também relatou que a mulher teria pegado uma faca e partido para cima dela.

Ainda segundo o registro policial, a moradora apresentava alguns ferimentos leves nas pernas. A dona da casa também apresentou pequenos ferimentos no corpo, mas nenhuma das duas precisou ser hospitalizada. No momento em que foi abordada pelos policiais, a mulher de 30 anos tentou resistir à prisão, mas foi colocada sob uso de força dentro da viatura.

Devido a confusão, as duas mulheres foram levadas para a 3ª Delegacia Regional da Serra, onde prestaram depoimento. Ambas assinaram um Termo Circunstanciado pelo crime de lesão corporal e foram liberadas posteriormente.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS