Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Após briga por celular, marido mata a mulher com 10 facadas

| 27/08/2021 14:11 h | Atualizado em 27/08/2021, 14:23

Uma mulher de 43 anos, identificada como Paula Almeida Chiabai, foi morta a facadas em São Gabriel da Palha, no Noroeste do Estado.

O companheiro da vítima, Gilglebi Matias, 39 anos, se entregou à polícia ontem e disse que esfaqueou a mulher 10 vezes em legítima defesa, após uma discussão que começou depois que a mulher pegou o celular dele.

Paula Almeida Chiabai foi assassinada em São Gabriel da Palha. Ele disse que a vítima teria escondido o aparelho e alegou legítima defesa
Paula Almeida Chiabai foi assassinada em São Gabriel da Palha. Ele disse que a vítima teria escondido o aparelho e alegou legítima defesa |  Foto: Divulgação
Segundo a polícia, a mulher foi assassinada na sala do casal, no bairro Santa Cecília, após uma briga que começou em um espetinho da região depois que os dois beberam durante o jogo entre Flamengo e Grêmio, na noite de quarta-feira.

O suspeito disse aos policiais que a discussão começou depois que a mulher pegou o celular do acusado que estava em cima da mesa e levou para casa. Em seguida, a briga foi aumentando quando o homem chegou em casa e viu a mulher deitada no sofá.

Em depoimento, Gilglebi disse que agiu em legítima defesa depois que a mulher pegou uma faca e o ameaçou, inclusive causando ferimentos leves no braço dele. Por esse motivo, ele teria esfaqueado a mulher pelo menos 10 vezes.

Apesar da versão do acusado, a polícia trabalha com outra linha de investigação, é o que explica o titular da Delegacia Regional de São Domingos do Norte, Rafael Caliman. “Nesta quinta-feira ele dirigiu-se à sede da 3ª Companhia do 2º Batalhão e se entregou alegando que agiu em legítima defesa. Os fatos, contudo, demonstram que ele premeditou o crime”.

Ao se apresentar à PM, o “indivíduo apresentava sinais de embriaguez, estava sujo de sangue e tinha lesões no corpo e no peito”, informou a polícia por nota.

De acordo com ele, as lesões seriam cortes de faca que a mulher desferiu durante a briga do casal.

Uma equipe foi até a casa onde os dois moravam e se deparou com uma mulher inconsciente, suja de sangue e com perfurações pelo corpo.

O socorro médico foi acionado, mas constatou que a mulher já estava morta e chamou pela perícia da Polícia Civil.

Segundo a polícia, o suspeito foi encaminhado para o hospital, onde recebeu atendimento médico devido às lesões e posteriormente foi encaminhado para a Delegacia de São Gabriel da Palha, onde foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio. Gilglebi Matias será encaminhado a um presídio em São Domingos do Norte.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS