X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Adolescente suspeito de envolvimento em homicídio é preso em Pinheiros

O jovem também é apontado como o novo chefe do tráfico na região

Redação Tribuna Online | 01/08/2022 14:03 h

Um adolescente de 17 anos, que é investigado por participação no assassinato de Geovani da Cruz Santos, morto com diversos tiros no dia 15 de julho, foi preso, na última sexta-feira (29), no bairro Nova Jerusalém, no município de Pinheiros. 

-
- |  Foto: Divulgação/PC
  

“As investigações foram realizadas logo após ocorrido o homicídio e o que foi apurado, até o presente momento, indica a efetiva participação do adolescente no crime, que teria sido motivado pelo tráfico de drogas. Ele é bastante conhecido no meio policial em razão do envolvimento no tráfico de drogas, inclusive nos bairros Jundiá e Nova Jerusalém”, informou o delegado Marcelo da Cruz Silva, que está respondendo pela Delegacia de Polícia (DP) de Pinheiros.

Ainda de acordo com o delegado, o adolescente era apontado como novo chefe do tráfico, após a prisão de Adriano de Souza Abreu, vulgo “Porquinho”, ocorrido em maio deste ano. 

Pela manhã, os policiais estiveram na casa do adolescente e apreenderam uma pistola calibre 09mm, 55 munições intactas e diversos materiais para refino e acondicionamento de drogas, porém o menor não se encontrava no imóvel. 

No período da tarde, os policiais começaram novas buscas e localizaram o adolescente escondido em um estúdio de tatuagem no bairro Nova Jerusalém. Durante a abordagem, foi encontrado no bolso da bermuda dele 18 pinos de cocaína.

“Essa nova apreensão do adolescente demonstra a efetiva participação dele na traficância do bairro, pois é a segunda vez que é apreendido em menos de um mês com drogas. Na apreensão anterior, ele portava uma arma de fogo”, ressaltou o delegado Marcelo da Cruz Silva.

O adolescente foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pinheiros para os procedimentos de praxe e, posteriormente, foi levado ao Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) de Linhares, onde está internado à disposição da Justiça. 

As investigações sobre o homicídio continuam. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS