X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Adolescente alvo de disparos que mataram menina é localizado

| 11/02/2020 11:51 h

Alice tinha 3 anos e estava radiante com os primeiros dias de aula.
Alice tinha 3 anos e estava radiante com os primeiros dias de aula. |  Foto: Reprodução Facebook
O adolescente, 17 anos, que era o alvo de disparos que mataram a menina Alice da Silva Almeida, 3, foi localizado e prestou depoimento na condição de vítima de tentativa de homicídio na Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM) nesta terça-feira (11).

Por meio de nota, a Polícia Civil explicou que ele foi localizado pela equipe da DHPM. “Diligências seguem em andamento, com equipes nas ruas realizando outras buscas em diversos pontos. Até o momento, nenhum suspeito foi detido e outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada”, explicou.

A Polícia Civil afirmou ainda que “a equipe da DHPM, chefiada pela delegada Raffaella Aguiar, conta com a colaboração da população para a elucidação deste crime. O Disque-Denúncia 181 é a melhor forma da população auxiliar a polícia com informações que levem à prisão de criminosos. O anonimato é garantido e todas as informações são investigadas. O Disque Denúncia 181 também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br”.

Entenda o caso

Alice foi morta enquanto brincava no quintal de casa, no bairro Dom João Batista, em Vila Velha.
O alvo dos disparos, segundo testemunhas, era um adolescente. Ele, que estava sendo perseguido por suspeitos em um carro branco, invadiu a casa da menina para se proteger, por volta das 20h30 de domingo.

Um dos três criminosos desceu do carro e disparou contra o adolescente. Ele levou um tiro de raspão na perna, mas a criança, que ficou no meio do tiroteio, foi atingida por um disparo na perna e outro no tórax. A família levou a menina para o Pronto Atendimento da Glória, mas ela não resistiu.

Veja mais:

"Minha filha, eu preciso de você", diz mãe em enterro

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS