X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Abalada, mãe é carregada no colo no velório da pequena Alice

| 10/02/2020 16:54 h | Atualizado em 10/02/2020, 20:19

Alice morreu após bala perdida
Alice morreu após bala perdida |  Foto: Reprodução / Facebook

A mãe da pequena Alice da Silva Almeida, de 3 anos, precisou ser carregada no colo ao final do velório da menina, morta a tiros na noite de domingo (9).

Transtornada, Amanda Guedes não saiu do lado do caixão da criança durante todo o velório, realizado na Primeira Igreja Batista de Aribiri, em Vila Velha.

O velório começou às 12h45 e terminou por volta de 16h. O corpo segue para o Cemitério Parque da Paz, em Ponta da Fruta, Vila Velha, onde será enterrado.

Centenas de pessoas entraram e saíram da igreja durante a cerimônia. O sentimento era de revolta. "Podia ter acontecido com a minha filha! Isso é um absurdo! Aqui no bairro é muita violência, está difícil de conviver", desabafou a costureira Lenir Reis, de 56 anos, moradora do Aribiri.

Viaturas com agentes da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal também estiveram no velório. O avô da menina, um sargento da PM, recebeu apoio dos amigos de farda e estava muito abalado. Ele não quis conversar com a imprensa.

"A sensação é de tristeza, revolta e muita dor. O que nos resta, nesse momento, é sermos solidários à família e ajudar naquilo que for preciso, reforçando o patrulhamento aqui da região", declarou a subsecretária da Guarda Municipal de Vila Velha, Elisângela Fraga de Oliveira.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS