search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Polícia prende suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Polícia prende suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores


Pen drive encontrado com suspeitos de ameaçar juízes (Foto: PCDF/Divulgação)
Pen drive encontrado com suspeitos de ameaçar juízes (Foto: PCDF/Divulgação)
Durante uma operação da Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (21), dois homens foram presos suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores do Distrito Federal. Os mandados foram cumpridos no residencial Lake Side, condomínio às margens do Lago Paranoá, área nobre de Brasília.

A dupla teria enviado um e-mail anônimo para autoridades com o título 'sentença de morte aos traidores da pátria' ameaçando juízes do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

“O Brasil chegou a um ponto onde não é mais possível resolver os problemas através da razão e do bom senso”, destacaram os suspeitos, na mensagem. “Por isso, convocamos a população para matar em legítima defesa de si mesmo e da pátria políticos, juízes, promotores, chefes de gabinetes, assessores, parentes, protetores e demônios de toda sorte (sic)”,escreveram no e-mail.

E-mail ameaçando juízes (Foto: PCDF/Reprodução)
E-mail ameaçando juízes (Foto: PCDF/Reprodução)
Segundo o Tribunal de Justiça, o e-mail foi recebido por "alguns servidores e magistrados" às 13h18 desta quarta (20).

As autoridades afirmam que "diante do teor da mensagem, de imediato, o Tribunal requisitou providências da Comissão de Segurança Permanente do TJDFT que acionou a Polícia Civil para apurar o ocorrido".

No ato da prisão, a polícia informou que encontrou materiais com ameaças. Entre eles, há um pendrive com a etiqueta “Matar juízes. Matar todos”, cartazes com os dizeres "Comando da Intervenção". Os pertences foram apreendidos e servirão como prova durante a investigação.

Um dos suspeitos tem 79 anos e foi identificado como Célio Evangelista Ferreira do Nascimento. Ele se apresenta como “Presidente Constituinte da República”. O outro acusado preso é Rodrigo Ferreira, 40.

Os pertences foram apreendidos e servirão como prova durante a investigação (Foto: PCDF/Divulgação)
Os pertences foram apreendidos e servirão como prova durante a investigação (Foto: PCDF/Divulgação)
A operação contou com policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), em conjunto com promotores do Núcleo Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Ncyber) do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT). 

A assessoria de Segurança Institucional do MPDFT também participou da operação e apura o recebimento de ameaças nos e-mails institucionais não só de juízes, mas de autoridades e promotores de Justiça.

Os suspeitos foram presos em flagrante pelo crime de utilização indevida de selo ou sinal verdadeiro em prejuízo de outrem ou em proveito próprio ou alheio. A pena é de dois a seis anos de reclusão e multa.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados