search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Plano de fuga
Painel da Folha de São Paulo

Plano de fuga

Operadores que conhecem o mercado de petróleo perceberam, na semana passada, que havia risco de o aguardado megaleilão do pré-sal não suprir as expectativas despertadas pelo governo.

Executivos de uma das maiores empresas do setor do mundo estiveram em Brasília, conversaram com autoridades e informaram que iriam embora antes desta quarta. Nenhum grande executivo das petroleiras globais veio ao Brasil. O gesto foi lido como o prenúncio de um fiasco.

Inflação
Parlamentares e analistas de mercado dizem que o governo “vendeu mal” o leilão e errou na organização por ter concentrado muitas ofertas nos meses de outubro e dezembro. Dessa forma, os valores a serem desembolsados por investidores, somados, ficaram muito altos.

O suspeito de sempre
O modelo de exploração de petróleo pelo regime de partilha, em que as empresas se tornam sócias do governo, também foi apontado como responsável pelo resultado do megaleilão desta quarta. Ele foi criado no governo do PT.

Copo meio cheio
Tentando diminuir o mal-estar, o presidente da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, enviou mensagens pelo WhatsApp dizendo que o valor arrecadado (cerca de R$ 70 bilhões) é muito maior do que a média paga nos leilões desde a abertura do setor de petróleo, em 1999, de R$ 30 bi.

Por um fio
Líderes do centrão estão insatisfeitos com o que chamam de disputa por holofotes entre os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Há, entre esses dirigentes de partidos, disposição de sinalizar o incômodo fragilizando o apoio a pautas de interesse do democrata, como reformas econômicas, geralmente impopulares.

Quem avisa...
Apesar da importância de apoiar medidas relevantes para as contas públicas, dizem, projetos do interesse dos partidos ficaram parados. Os líderes defendem, por exemplo, atenção a um texto que prevê quarentena para juízes e procuradores e à CPI do óleo no Nordeste.

...Amigo é
As queixas ganharam tração depois que aliados de Maia passaram a flertar de maneira mais escancarada com a hipótese de mudar a legislação para que ele possa disputar novamente a presidência da Câmara.

Do limão...
Ministros do STF querem aproveitar o debate suscitado pelo julgamento da prisão em segunda instância para estimular análises e propostas de aprimoramento do sistema processual.

...Uma limonada
“A ideia é pregar que o Conselho Nacional de Justiça e o Conselho Nacional do Ministério Público trabalhem juntos para propor medidas de modernização do sistema, além de um mutirão permanente para diminuir o número de presos provisórios, os que estão na cadeia sem qualquer veredito.

Luz no túnel
Senadores que apoiam a prisão após condenação em segunda instância saíram animados de encontro com Dias Toffoli, presidente do STF, na terça. Ele sinalizou que não vê o trecho que trata da presunção de inocência como cláusula pétrea.

Luz no túnel II
Tal entendimento não é pacífico nem no STF e nem entre juristas, mas os parlamentares concluíram ter recebido um aceno: o de que há espaço para desfazer um possível revés no tribunal alterando o texto legal.

Manda para cá
O TCU solicitou ao Supremo cópias do diálogo em que o procurador de contas, Júlio Marcelo, sugere à Lava a Jato investigar integrantes da Corte. Os ministros, em sessão reservada, decidiram ainda fazer uma representação contra Marcelo ao Ministério Publico de Contas.

Vai ter luta
Júlio Marcelo não assiste inerte à ofensiva. Ele protocolou pedido para anular a sessão do TCU, dizendo que ela foi chamada de maneira informal, sem registro. O clima não é favorável a ele. A representação foi aprovada por unanimidade entre os ministros que estavam presentes.

Tiroteio

“O conhecimento e a experiência da Petrobras não bastaram para atenuar o receio à insegurança jurídica e política no País”. Da senadora Simone Tebet (MDB-MS), sobre as principais empresas de óleo do mundo não terem participado do megaleilão do pré-sal.

Publicação simultânea com a Folha de São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Recauchutagem completa

Nem alguns dos aliados mais próximos do Planalto estão dispostos a defender na íntegra o recém-lançado Programa Verde Amarelo. A previsão é a de que ele passe por uma "lipoaspiração" no …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Acabou-se o que era doce

A medida provisória que reformulou o programa Mais Médicos e o rebatizou de Médicos pelo Brasil pode ser a primeira vítima notável da insatisfação de parlamentares com o governo. O texto, que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Risco de efeito dominó

O temor de que um gatilho dispare ondas de protestos pelo país entrou na agenda dos governantes. São vários os sinais de cuidado: estados do Nordeste trabalham para garantir o 13º do funcionalis…


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Parque dos dinossauros

Parte do pacote entregue pelo ministro Paulo Guedes (Economia) ao Senado, a proposta que pretende pôr fim a mais de 200 fundos federais deve alterar de maneira profunda os orçamentos de prefeitos e …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Perto da inoperância

Dirigentes de partidos de centro relatam que a relação com o governo Jair Bolsonaro também desandou no Senado. Os motivos são semelhantes aos que levaram líderes desse segmento na Câmara a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Contra-ataque concertado

Paradoxalmente, a negativa de Dias Toffoli ao pedido para rever decisão na qual ordenou a abertura da caixa-preta dos relatórios do Coaf teve gosto de vitória para aliados do procurador-geral, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O que fez no verão passado?

O embate entre setores do Ministério Público e ala do Supremo alcançou novo patamar após a revelação, na Folha de S. Paulo, de que o presidente da Corte, Dias Toffoli, solicitou dados de relatórios …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Devidamente avisado

Auxiliares de Jair Bolsonaro foram informados por volta das 6h de ontem de que partidários de Juan Guaidó haviam invadido a Embaixada da Venezuela. Ao Planalto, a notícia chegou por María Teresa …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vinde a mim

Do nome ao manifesto, a identidade do novo partido de Jair Bolsonaro foi concebida para mesclar temas do militarismo com os de religião, num aceno ao que o Presidente vê como bases prioritárias. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Caminho do meio

Partidos de centro e de esquerda articulam apoio a uma proposta alternativa à que quer reabilitar a autorização para prisão em segunda instância. A tese que tem ganhado mais adeptos é a indicada …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados