search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Planalto entrega a Maia lista com prioridades
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Planalto entrega a Maia lista com prioridades

O governo apresentou a Rodrigo Maia 15 propostas que tramitam na Casa e são tidas como prioritárias. Dentre elas, a mudança no marco regulatório das PPPs, o projeto do Senado de segurança das barragens e o novo Código de Trânsito, tão cobiçado por Jair Bolsonaro. A lista foi entregue por Luiz Eduardo Ramos durante um encontro na casa do presidente da Câmara. A reunião, cordial, durou cerca de 40 minutos, anteontem, logo após o ministro ter desembarcado em Brasília depois de agenda no Rio com a atriz Regina Duarte.

Taokey. Nesses três projetos, Maia indicou que poderá dar seguimento. No do código de trânsito, a ideia do governo é: mesmo que o texto seja alterado (aquele que amplia o limite de pontos de infração na CNH), o importante é analisar logo.

Vixe! O Planalto também queria priorizar a PEC que põe fim à inscrição obrigatória de profissionais em conselhos de classe. A medida esvaziaria, por exemplo, a OAB, presidida pelo desafeto de Bolsonaro Felipe Santa Cruz. Não deve rolar.

Baby steps. A reforma tributária foi apresentada por Maia como uma pauta prioritária da Câmara. Já na administrativa, a ordem do governo é ir sem pressa.
Base... No lugar de uma base nos moldes tradicionais, o governo criou uma “taxa de adesão”, calculando porcentualmente o quanto os partidos votam favoráveis às suas pautas.

...que base? Em 1º lugar, está o rachado PSL, seguido por Patriota, Novo e PSDB. Chama atenção que o Podemos, sempre circulando no Planalto e com boa porcentagem de emendas pagas, fica atrás de todos os partidos do Centrão, em 15º.

Fica a dica. Antes de se reunir com Bolsonaro, Regina Duarte esteve com um grupo de artistas na casa de Nelson Freitas, no sábado.

CLICK. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, esteve ontem com o ex-presidente FHC. O gaúcho é visto como um dos nomes do PSDB para 2022.

Quê?! Advogados receberam “com surpresa e indignação” a denúncia contra Glenn Greenwald. “Revela uma ousadia extrema por parte do Ministério Público porque é um ataque à liberdade de imprensa”, disse Marco Aurélio de Carvalho, do Prerrogativas, que estuda medidas contra o promotor autor da denúncia.

Nem a pau. Apesar de tantos temas espinhosos, o único assunto capaz de fechar completamente Sérgio Moro em copas no Roda Viva (TV Cultura) foi uma sondagem de bastidores sobre qual é o time do coração do ministro. “Vão desperdiçar uma pergunta”, alertou.

Jura? Em momento raro de descontração no Roda Viva, Moro fez piada com a chegada de Regina Duarte ao governo. Disse que a “colega”, uma das mais conhecidas atrizes do Brasil, deve superar Damares Alves e ele próprio no ranking de popularidade da Esplanada.

Edson ou Pelé? Não passou batida a autorreferência em terceira pessoa feita por Moro no programa. Para os inimigos, a arrogância lhe roubou o senso do ridículo. Já os fãs acham que o ex-juiz mostrou ter a exata noção da dimensão histórica de seu personagem no imaginário dos brasileiros.

Me conta. Escolhida “jovem líder global” pelo Fórum Econômico Mundial, Patricia Ellen, secretária estadual de SP, participa de três painéis em Davos: fronteiras; transição das cidades para era digital; e o que preocupa os jovens de hoje?

Pronto, falei!

"Luciano Huck é um candidato sem futuro. Política não é TV. Apanha quieto por
não ter argumento para se defender e ainda
manda dizer que gosta”.

Marco Feliciano, deputado federal (Sem partido-SP)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guedes vira antítese de Moro e de Mandetta

Militares do governo auxiliares diretos de Jair Bolsonaro se dizem bem impressionados com Paulo Guedes. Acham que o comportamento do ministro, mesmo com o cheiro do óleo quente cada vez mais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Sinal amarelo nas eleições municipais

Analistas políticos, dirigentes partidários, autoridades da Justiça e candidatos começaram a ficar preocupados com a campanha eleitoral deste ano no País. Os três principais fatores: a pressão …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Parecer indica brecha para eleição das Casas

Até adversários de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre viram na manifestação da AGU sobre a ação questionando a reeleição para o comando da Câmara e do Senado um atalho para a dupla do DEM se manter no …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Setor de eventos ainda esquecido por governos

Apesar de representar 5% do PIB nacional e empregar mais de 12 milhões de profissionais diretos e indiretos, o mercado de eventos está abandonado pelo poder público. Paralisado desde março e sem …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Renovação ainda em alta, indica pesquisa

A dois meses do primeiro turno das eleições, partidos tentam se balizar em um cenário de incertezas. Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, em parceria com a escola de formação do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Celso Russomanno e a agenda de Bolsonaro

Jair Bolsonaro apresentou uma agenda básica a Celso Russomanno para a eleição na capital paulista. O presidente gostaria de ver o deputado do Republicanos, se ele mantiver a decisão da candidatura …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pauta verde ainda fora das eleições municipais

No momento em que o debate ambiental e sustentável cresce no mundo e pressiona o Brasil, a pauta verde, por enquanto e infelizmente, está fora das prioridades da maior parte dos candidatos nas …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Fux mantém controle sob juiz das garantias

Antes de tomar posse na presidência do Supremo, Luiz Fux determinou a inclusão em pauta das ações diretas de inconstitucionalidade (Adins) referentes ao juiz das garantias, bandeira da advocacia, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Os alicerces para a candidatura de Doria

A escolha do vereador emedebista Ricardo Nunes para ser o vice de Bruno Covas na eleição deste ano em São Paulo finca alicerces para a construção da aliança entre PSDB, MDB e DEM em torno da …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Luiz Fux: Lava a Jato e “sentimento” do povo

Para além das frases salutares, porém, muitas vezes óbvias e obrigatórias (a defesa da democracia e da independência entre os Poderes), o discurso de Luiz Fux ao tomar posse na presidência do Supremo …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados