search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Perto de completar 80 anos, Pelé agradece por estar com saúde e lúcido

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Perto de completar 80 anos, Pelé agradece por estar com saúde e lúcido


 (Foto: Reprodução/Instagram @pele)
(Foto: Reprodução/Instagram @pele)
Pelé está mais próximo de Deus. E isso nada tem a ver com os 80 anos que completa nesta sexta-feira (23), dia 23. O Rei do Futebol chega bem ao octogésimo aniversário. De sua casa, no Guarujá, onde passa a maior parte do tempo, Pelé manda um recado para os fãs no mundo todo por meio de um vídeo de 3min57s. Ele queria receber jornalistas e amigos, como fez quando completou 50 anos do seu milésimo gol, marcado em 1969, aos 29 anos. Mas a pandemia brecou qualquer iniciativa desse tipo.

Aos 80, Pelé é grupo de risco e sabe que tem de se isolar, coisa que nunca fez desde que deixou Três Corações, em Minas Gerais, passando por Bauru até chegar a Santos, onde ganhou o mundo. Pelé está quietinho em seu canto, como imagina ficar um dia. Sua maior paixão hoje não é mais a bola, mas é a família, os filhos e os netos. Pelé gosta de ficar rodeado de pessoas.

Como disse no vídeo gentilmente enviado ao Estadão nesta quarta-feira, chega aos 80 bastante lúcido. "Agradeço a todos os que me mandaram cumprimentos. Agradeço a Deus pela saúde de chegar aqui lúcido... não muito inteligente, mas lúcido", brinca

Em suas três respostas curtas a perguntas de um interlocutor, Pelé lembra de Deus, agradece tudo o que Ele lhe proporcionou na vida desde pequeno, quando deu os primeiros chutes numa bola e pano e foi levado pelas mãos de Waldemar de Brito, então técnico do Baquinho, seu time em Bauru, ao Santos com 15 anos. "Quando for para o céu, espero que Deus me receba da mesma maneira que todos me recebem hoje pelo nosso querido futebol."

Pelé fala em nome de Deus para agradecer tudo o que ganhou na carreira. E não foram poucas coisas. Só Copas do Mundo ele tem três no currículo das quatro que disputou. Fez 1.283 gols e colocou o Brasil no lugar mais alto do pódio quando o assunto é Mundiais. Antes de Pelé, a seleção brasileira não tinha vencido nenhuma Copa. Durante sua trajetória no futebol, ganhou três (1958, 1962 e 1970). Depois dele, o Brasil festejou duas apenas (1994 e 2002). E olha que ele parou de jogar em 1977. "Chegando aos 80 com saúde, com boa recepção em todo lugar que vou, sempre de portas abertas para mim. Agradeço a Deus."

Aos 80, ele se permite dizer que até ficou com raiva de alguns jornalistas que inventavam coisas a seu respeito nessa trajetória e de rivais que tentaram tirá-lo do controle em campo Disse que errou muito pouco na vida. Sua mensagem é de otimismo, de agradecimento e também de reconhecimento por tudo o que fez. Pede desculpas aos que, por ventura, magoou ao longo da vida, seja no futebol ou fora dele. Pelé faz uma espécie de reflexão nos seus 80 anos e descobre que só tem de agradecer.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados