X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Pernambuco

Saldo da tragédia: 14 mortos, 7 resgatados com vida e 4 animais salvos

A Operação do Corpo de Bombeiros terminou no início da noite deste sábado (8), após 35 horas de buscas


Imagem ilustrativa da imagem Saldo da tragédia: 14 mortos, 7 resgatados com vida e 4 animais salvos
|  Foto: Reprodução/Whatsapp

Atualizado às 18h50

Depois de 35 horas, a operação do Corpo de Bombeiros no desabamento do prédio localizado no Bairro do Janga, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife, chegou ao fim. Os Bombeiros conseguiram resgatar com vida dois cães e dois gatos. Por outro lado, a tragédia terminou com um triste saldo de 14 pessoas mortas.

Segundo o boletim, as vitimas são um homem de 45 anos e uma mulher de 43, além de jovens com 21, 18, 15, 12, 08 e 05 anos; uma mulher trans de 19; um casal aparentando 40 anos cada; e por último uma mãe de 40, um menino de 10 e uma menina de 6 anos. 

Quatro moradores do prédio que desabou foram resgatados com vida. Quatro moradores que tinham sido dados como desaparecidos foram localizados, eles não estavam no prédio no momento do acidente. Cerca de 100 bombeiros militares estão no local do resgate, prestando socorro ás vítimas, além de uma força tarefa formada por SAMU do Recife, Olinda e Paulista, Defesa Civil  e policiais  militares.

O prédio  no Conjunto Beira-Mar, no Janga, foi construído há 40 anos e parte dos blocos estava interditada há mais de 10 anos, mas foi ocupado de forma irregular. 

Mais uma morte

O Hospital Miguel Arraes (HMA/FGH) informa que recebeu um paciente proveniente do desabamento do prédio no Janga, em Paulista. Um homem, aparentando 18 anos, chegou à unidade em parada cardiorrespiratória, mas acabou morrendo logo depois..

Assista ao vídeo do exato momento em que o prédio desabou:

null Reprodução/Whatsapp
 

Veja abaixo vídeos do resgate antes da chegada do Corpo de Bombeiros ao local:

 

null Reprodução/Whatsapp
 

 

null Reprodução/Whatsapp
 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: