X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Polícia Federal prende jovem com 'supermaconha' no Aeroporto do Recife: saiba mais

Passageira foi autuada em flagrante ao desembarcar com a droga na bagagem


Imagem ilustrativa da imagem Polícia Federal prende jovem com 'supermaconha' no Aeroporto do Recife: saiba mais
Após a abordagem, os policiais encontraram os 3,12 quilos de skunk armazenados em tabletes dentro da bagagem de mão da mulher |  Foto: Polícia Federl/Divulgação

A Polícia Federal efetuou a prisão de uma mulher de 19 anos no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes, no desembarque doméstico, após desembarcar de um voo procedente de Manaus. A passageira estava portando 3,12 quilos de skunk, conhecida como "supermaconha", na bagagem de mão. O nome da mulher não foi relevado.

Essa droga pertence ao grupo dos canabinóides, caracterizados por efeitos mais potentes e prejudiciais ao cérebro em comparação com a maconha tradicional. (Veja mais abaixo)

A mulher foi autuada em flagrante por tráfico interestadual de drogas, crime que pode resultar em uma pena de até 15 anos de reclusão, conforme a legislação vigente, de acordo com informações fornecidas pela Polícia Federal.

A passageira, natural de Manaus/AM, foi abordada quando tentava contornar a fiscalização realizada por policiais federais na área de conexão do desembarque doméstico do aeroporto.

Após a abordagem, os policiais encontraram os 3,12 quilos de skunk armazenados em tabletes dentro da bagagem de mão da mulher. Ela foi conduzida à delegacia da Polícia Federal para os procedimentos legais cabíveis.

Saiba o que é a supermaconha

O uso de termos como "supermaconha" destaca a presença de variantes da planta de cannabis que foram geneticamente modificadas para ter concentrações mais altas de THC. Essas variantes podem ter efeitos mais intensos e, em alguns casos, podem apresentar riscos à saúde maiores do que as formas tradicionais de maconha.

Veja os principais prejuizos provocados pela droga

Quando a concentração de THC é significativamente aumentada, como é o caso do skunk, alguns usuários podem experimentar efeitos mais intensos e potencialmente adversos. Entre os efeitos colaterais associados a doses elevadas de THC estão:

1) Psicose ou transtornos psiquiátricos: O uso excessivo de THC, especialmente em indivíduos predispostos, pode aumentar o risco de desenvolvimento de transtornos psiquiátricos, como psicose.

2) Problemas de saúde mental: Pode haver uma associação entre o uso de maconha com altos níveis de THC e distúrbios de ansiedade, depressão e outros problemas de saúde mental.

3) Problemas cognitivos: O consumo excessivo de THC pode afetar a memória de curto prazo, a capacidade de aprendizado e a função cognitiva.

4) Dependência: Aumentar a potência da maconha pode aumentar o risco de dependência, especialmente em usuários regulares.

A potência mais elevada do skunk levanta preocupações sobre o potencial impacto na saúde mental e cognitiva, especialmente em usuários mais jovens e em pessoas predispostas a distúrbios psiquiátricos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: