X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Aluno de 16 anos é executado a tiros em quadra de escola no Cabo de Santo Agostinho

Crime aconteceu, no final da manhã desta terça, na Escola Estadual de Referência José Rodrigues de Carvalho, no bairro da Cohab


Imagem ilustrativa da imagem Aluno de 16 anos é executado a tiros em quadra de escola no Cabo de Santo Agostinho
|  Foto: Reprodução

No final da manhã desta terça-feira (21), o aluno de 16 anos, conhecido como Guilherme Billy, foi morto dentro da Escola de Referência José Rodrigues de Carvalho, no bairro da Cohab, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. Segundo testemunhas, o crime aconteceu às 11h na quadra da escola. O suspeito teria entrado armado, efetuado os disparos e fugido.

A escola tem várias câmeras de segurança, algumas delas direcionadas para a quadra, que podem ajudar a esclarecer o crime. Policiais fizeram rondas pelo bairro durante a tarde desta terça. A Polícia Civil e a Polícia Científica estiveram no local do crime.

Já a Polícia Militar informou que foi acionada na manhã desta terça para uma ocorrência na Escola José Rodrigues de Carvalho e, ao chegar ao local, constatou que um aluno que estava na quadra esportiva foi "surpreendido por outra pessoa que usava a farda da escola e o executou a tiros".

De acordo com a PM, o autor do crime fugiu do local e a polícia "realiza busca na tentativa de localizá-lo e apreendê-lo". A Polícia Civil de Pernambuco informou que o crime está sendo apurado pela Força Tarefa de Homicídios e que a Delegacia de Homicídios do Cabo dará seguimento à investigação.

A Secretaria de Educação e Esportes (SEE) lamentou, por meio de nota, a morte do estudante e disse que "acionou a polícia imediatamente e prestou o auxílio necessário a todos" que estavam no local.

A SES disse que "a escola possui porteiro e um circuito interno de câmeras, cujas imagens já estão sendo analisadas pela Polícia Civil". Informou também que "se solidariza com os familiares da vítima e que está à disposição das autoridades para elucidar o ocorrido". O perfil no Instagram da escola também lamentou a morte de Guilherme numa nota de pesar.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: