X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Pernambuco

Morre no HR professor de ginástica baleado em discussão no trânsito

Marlon de Melo foi atacado no sábado (4) depois de se envolver em uma discussão no trânsito com um policial penal


Imagem ilustrativa da imagem Morre no HR professor de ginástica baleado em discussão no trânsito
Marlon estava internado em estado grave no HR |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

O professor de ginástica Marlon de Melo Freitas da Luz, de 31 anos, que estava internado na UTI do Hospital da Restauração, no Derby, Recife,  desde o último sábado (4), morreu na madrugada desta quarta-feira (8). Marlon foi baleado depois de se envolver em uma discussão de trânsito. Ele levou dois tiros; o atirador seria um policial penal.

Novos relatos indicam que o policial penal suspeito do crime é lotado na Paraíba. A Polícia Civil de Pernambuco não confirmou a informação, e diz apenas que segue investigando. 

A família do professor de ginástica está duplamente indignada. Primeiro pelo crime covarde que tirou a vida do pai de família (Marlon era casado e com uma filha de 7 anos de idade), e ainda por ter tomado conhecimento de que o atirador registrou um boletim de ocorrência na noite do sábado, mesmo dia do crime, alegando que atirou contra um motociclista para tentar se livrar de um suposto assalto. A família do professor defende que o B.O foi feito na tentativa de criar um álibi para o assassinato de Marlon.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: