X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esporte Pernambuco

Vôlei de Praia no Recife: Mundial e Brasileiro com 98% de ingressos gratuitos

A orla do Pina abrigará os dois eventos, que servem de preparação para as Olimpíadas de Paris 2024



Imagem ilustrativa da imagem Vôlei de Praia no Recife: Mundial e Brasileiro com 98% de ingressos gratuitos
Segundo João Campos, o Campeonato vai ajudar a cidade, trazer visibilidade e, sobretudo, oportunidade de renda e trabalho com, inclusive, mais de 90% das empresas contratadas para a produção do evento sendo locais |  Foto: Rodolfo Loepert/Prefeitura do Recife

O Recife recebe, neste mês de março, dois grandes eventos de vôlei de praia, tanto nacional quanto internacional. As etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia BET7K 2024 e do Beach Pro Tour Challenge serão realizadas na orla do Pina, entre os dias 13 e 17, e 21 a 24, respectivamente.

O anúncio foi feito pelo prefeito João Campos (PSB) na manhã desta quarta-feira (28/02), após reunião com o presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Radamés Lattari, no Edifício-sede da Prefeitura do Recife.

Também participaram do encontro a vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão (PDT); o vice-presidente da Confederação Brasileira de Vôlei, Gustavo Laranjeiras; o presidente da Federação de Voleibol do Estado de Pernambuco (Fevepe), Luís Antônio Barbosa da Silva; e o secretário municipal de Esportes, Rodrigo Coutinho.

"Não temos uma competição deste porte na Praia do Pina há mais de 10 anos", diz prefeito

“Não temos uma competição deste porte na Praia do Pina há mais de 10 anos e seremos palco do vôlei mundial por 15 dias, o que é um privilégio e o fruto do trabalho da nossa equipe de Esportes”, disse o prefeito.

Segundo João Campos, o Campeonato vai ajudar a cidade, trazer visibilidade e, sobretudo, oportunidade de renda e trabalho com, inclusive, mais de 90% das empresas contratadas para a produção do evento sendo locais.

Trazer grandes competições é uma boa estratégia, mas é ainda melhor quando é feito de forma contínua - já são mais de cinco nos últimos três anos. E a diretriz que seguimos é que não vamos abrir mão da competitividade, queremos a nossa cidade no topo do Brasil nos grandes encontros esportivos. Hoje o Recife está no pódio e vai trabalhar para não sair dele João Campos (PSB), Prefeito do Recife

Os torneios, que terão a capital pernambucana como sede, são promovidos pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB), Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV) e pela CBV, com o apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Esportes.

Quase 100% dos ingressos serão gratuitos


Imagem ilustrativa da imagem Vôlei de Praia no Recife: Mundial e Brasileiro com 98% de ingressos gratuitos
Presidente da Confederação Brasileira de Vôlei, Radamés Lattari, disse que foi fácil escolher o Recife para sediar jogos |  Foto: Rodolfo Loepert/Prefeitura do Recife

Em relação aos ingressos, 98% dos 2 mil lugares da arena serão gratuitos, mediante cadastro em um site a ser divulgado em breve. Além disso, parte das entradas de cada partida será distribuída entre os projetos esportivos apoiados pela Secretaria de Esportes. Essa ação permitirá que jovens atletas locais tenham acesso a jogos de nível mundial, inspirando e motivando-os em sua própria jornada esportiva.

“Depois do espetacular sucesso do Campeonato Sulamericano de Voleibol, agora vamos até à praia realizar o circuito brasileiro e mundial do vôlei. Foi muito fácil escolher o Recife, pelo prefeito João Campos ser um entusiasta do esporte e pelo fato de hoje o presidente da Federação de Voleibol do Estado de Pernambuco ser o Lula (Luís Antônio Barbosa da Silva), um dos grandes ícones mundiais do voleibol de praia”, afirmou Radamés Lattari, presidente da Confederação Brasileira de Vôlei.

Duplas masculinas e femininas

As competições receberão duplas masculinas e femininas de diversos países, servindo como preparação para as Olimpíadas de Paris 2024. Serão, ao todo, mais de 400 atletas envolvidos de 47 países.

O Circuito Brasileiro terá nove etapas, cinco delas antes dos Jogos Olímpicos. Para definir o campeão, serão computados os oito melhores resultados do ano. O modelo lançado pela CBV em 2022, com divisão entre Top e Aberto, foi mantido, com o aumento de 12 para 16 duplas na divisão principal.

O número total de duplas em cada etapa sobe de 28 para 32. As quatro fases do Circuito Mundial que a CBV trouxe para o Brasil em 2024 – além do Recife, há Saquarema (RJ), Natal (RN) e João Pessoa (PB) – estão conectadas ao Circuito Brasileiro.

Torneio é inspiração para crianças

Imagem ilustrativa da imagem Vôlei de Praia no Recife: Mundial e Brasileiro com 98% de ingressos gratuitos
De acordo com o secretário de Esportes, Rodrigo Coutinho, a procura pelo volei nas escolinhas cresceu 40% depois do Campeonato Sulamericano |  Foto: Rodolfo Loepert/Prefeitura do Recife

De acordo com o secretário municipal de Esportes, Rodrigo Coutinho, o impacto dos grandes campeonatos esportivos no Recife é nítido.

“Esse é um legado enorme para o Recife, nós vimos como a procura pelo esporte cresceu em 40% nas Escolinhas depois que recebemos o Campeonato Sulamericano. Quando trazemos uma competição dessa magnitude, com tantos países envolvidos, temos um aumento importante dessa modalidade de vôlei, sem contar com a movimentação turística e econômica, além da propagação do Recife para o mundo inteiro”, disse ele.

Já há nomes de peso confirmados para a etapa do circuito brasileiro no Recife. Por exemplo, Renato e Vitor Felipe, dupla que conquistou a prata na Copa do Mundo de 2022; Guto, campeão mundial Sub-21, e Pedro Solberg, campeão do Circuito Mundial em 2008; Hegê e Vitória, dupla vice-campeã da etapa de Campo Grande do Circuito Brasileiro 2024; e Talita, com três participações em Jogos Olímpicos (Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016), e Taiana.

Capacidade da Arena será de 2 mil pessoas

A arena multiuso terá capacidade para 2 mil pessoas e 1.960 deste total poderão entrar de forma gratuita. Estima-se que os dois eventos movimentem entre 100.000 e 150.000 pessoas, impulsionando o comércio formal e informal na Praia do Pina e arredores.

Os professores da Rede Municipal de Ensino e funcionários da Secretaria de Esportes serão capacitados por meio de cursos específicos focados no ensino e treinamento de vôlei de praia, ministrados por treinadores experientes.

Além disso, bolas ficarão como doações dos participantes, que serão destinadas para projetos apoiados pela Prefeitura do Recife. Atletas participantes também se engajarão em visitas a escolas e projetos sociais indicados pela pasta de Esportes, compartilhando experiências, oferecendo treinamento prático e inspirando os jovens a se envolverem no esporte.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: