X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esporte Pernambuco

Mesmo com um a mais, Santa Cruz cede empate no finalzinho

O Tricolor fica no 2x2 com o Nacional de Patos e perde a chance de virar líder do grupo C da Série D


Imagem ilustrativa da imagem Mesmo com um a mais, Santa Cruz cede empate no finalzinho
O Santa Cruz continua sem conseguir vencer fora de casa na competição |  Foto: Reprodução/Redes sociais/@SantaCruzFC

Ainda não foi desta vez que o Santa Cruz conseguiu uma vitória fora de casa na Série D deste ano. E o pior: mesmo com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, o Tricolor ficou no empate contra o Nacional de Patos (PB). 

Em partida válida pela quarta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, neste domingo (28), a Cobra Coral jogou mal e ficou no 2x2 com a equipe paraibana, sofrendo um gol nos acréscimos.

O jogo começou com indícios de que seria tranquilo para o Santa. Logo aos 12 minutos do primeiro tempo, a pressão Tricolor na saída de bola resultou em uma falha do sistema defensivo do Nacional. O goleiro Mauro Iguatu entregou a bola nos pés de Nadson; o atacante coral serviu Pipico, que, com liberdade, abriu o placar no Estádio José Cavalcanti. 

Aos 45 do primeiro, Kel Baiano, do Nacional, acertou uma cotovelada no zagueiro Ítalo Melo, do Santa, e tomou vermelho direto, deixando o Tricolor em vantagem numérica. 

Apesar de jogar todo o segundo tempo com um a mais, o Santa não conseguiu se impor sobre a equipe mandante. As mudanças feitas pelo técnico Felipe Conceição não surtiram efeito positivo e o Nacional foi superior, pressionando até o gol de empate, que saiu aos 24 do segundo tempo.

Depois do gol de empate, a equipe Tricolor “acordou”. Aos 32, após uma boa jogada pelo lado direito, Anderson Paulista recebeu na entrada da área e arriscou; a bola desviou na defesa e sobrou para Emerson Galego, que marcou.

A frustração veio aos 49 do segundo tempo, quando Juninho acertou um chute de fora da área e empatou a partida. Em quarto no Grupo C com sete pontos conquistados, o Santa volta a campo no próximo sábado (3), quando enfrenta o Sousa (PB) no Arruda. 

FICHA TÉCNICA:

Nacional (PB) 2

Mauro Iguatu; André Penalva (Wesley), Caio Capixaba, Hitalo Rogério, Arturzinho; Moreilândia (Juninho Paraíba), Bruno Menezes (Esquerdinha), Trindade, Kel Baiano; Léo Cereja e Pedro Gabriel (Robinho); Técnico: Rodrigo Fonseca

Santa Cruz 2

Michael; Léo Fernandes (Rhuan Rodrigues), Ítalo Melo, Guedes, M. Vinícius (Mateus Muller); Pingo, Fabrício (Emerson S.), Chiquinho (Galego); Lucas Silva, Nadson (Anderson Paulista) e Pipico; Técnico: Felipe Conceição

Local: Estádio Municipal José Cavalcanti (Patos/PB)

Árbitro: Robson Babinski (PR)

Assistentes: Wlademir Cunha Mendes (PB), Gleydson Francisco (PB) e José de Arimateia da Silva (PB)

Gols: Pipico (12’ - 1ºT); Arturzinho (24’ - 2ºT); Emerson Galego (32’ - 2ºT); Juninho (49’ - 2ºT)

Cartões amarelos: Pipico, Ítalo Melo, M. Vinícius, Anderson Paulista, Emerson Galego (STA); Hitalo Rogério (N)

Cartão vermelho: Kel Baiano (N)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: