X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Pernambuco

Começam inscrições do concurso para Registro de Patrimônio Vivo do Recife

Serão escolhidos quatro patrimônios, entre mestres/mestras e grupos culturais


Imagem ilustrativa da imagem Começam inscrições do concurso para Registro de Patrimônio Vivo do Recife
|  Foto: divulgação/Marcos Pastich/PCR

Na edição do Diário Oficial deste sábado, a Prefeitura do Recife publicou o edital de Registro de Patrimônio Vivo. As inscrições serão realizadas por meio do site www.culturarecife.com.br, até o dia 27 de setembro.

Até o mês de dezembro serão declarados Patrimônios Vivos quatro mestres, mestras e grupos culturais tradicionais e populares, assegurando-lhes reconhecimento e valorização, além da transmissão e perpetuação de conhecimentos e técnicas.

O registro municipal garante bolsas de incentivo mensais nos valores de R$ 1.921,06 e R$ 2.561,41, para dois indivíduos e dois coletivos artísticos, em caráter vitalício.

Os candidatos devem ser indicados por uma entidade proponente, associações civis de natureza cultural, com sede na capital pernambucana, constituídas há pelo menos cinco anos. 

Para concorrer ao registro de pessoa física, é preciso ser residente no Recife há mais de cinco anos e ter comprovada participação em atividades culturais há 20 anos ou mais, além de estar capacitado a transmitir o conhecimento ou a técnica para alunos e aprendizes. 

Aos grupos, é exigido que estejam sediados e constituídos no Recife, com comprovada participação em atividades culturais, há pelo menos 20 anos, e serem capacitados a transmitir saberes e fazeres culturais.

A avaliação das candidaturas se dará em quatro etapas. As primeiras serão as análises documental e qualitativa das propostas. Em seguida, os habilitados serão submetidos a audiências públicas para defesa das candidaturas. 

Na última etapa de avaliação, o Conselho Municipal de Política Cultural, em uma ou mais reuniões, confirma e elege os novos Patrimônios Vivos do Recife

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: