X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Empresa Vera Cruz apresenta proposta para regularizar operação

Permissionária que no mês passado anunciou a devolução de nove linhas de ônibus onde opera no Grande Recife agora se propõe a melhorar o serviço


Imagem ilustrativa da imagem Empresa Vera Cruz apresenta proposta para regularizar operação
Empresa opera em corredores de Terminais de Integração e linhas transversais e intermunicipais |  Foto: Cortesia/Francisco Dorneles

A empresa de ônibus Vera Cruz  firmou nesta terça-feira (2) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público de Pernambuco e se comprometeu a sanar  todas as irregularidades na operação de suas linhas, evitando a suspensão ou revogação da permissão. Há cerca de 15 dias, a Vera Cruz solicitou a devolução de nove linhas que operava no Terminal Integrado Tancredo Neves por razões financeiras.

Na audiência intermediada pelo MPPE e com a presença de representantes do Grande Recife Consórcio de Transportes, a Vera Cruz expôs suas condições a fim de regularizar sua situação e não ser penalizada com a suspensão do serviço. A empresa propôs apresentar 70 veículos para serem vistoriados e aprovados até o dia 15 de abril e outros 26 até o dia 30 de abril, totalizando 179 ônibus aptos a operarem até o final do mês.

A Vera Cruz também se comprometeu a manter, no mínimo, durante 12 meses, zero autuações por frota reduzida, descumprimento de ordens de serviço de ônibus ou operação de veículo retido. Além disso, deverá reduzir em, pelo menos, 90% os registros de horário não realizado e de quebra de plataformas elevatórias para acesso de pessoas com deficiência nos coletivos.

FROTA MÍNIMA

A empresa deverá, ainda, manter no mínimo 171 veículos para operação nas linhas designadas para a empresa, além de outros na frota reserva, todos com certificado de vistoria válido. E, em até 60 dias, a Vera Cruz não deverá figurar entre as maiores participações proporcionais no quantitativo de reclamações registradas no Conselho de Transportes Metropolitano (CTM).

Por fim, a Vera Cruz deverá implantar programa de combate à evasão de receitas em suas linhas e não apresentar veículos quebrados em via pública até o final do ano, salvo motivo de força maior, a ser analisado pelo CTM.

“O compromisso celebrado demonstra a importância da mediação realizada pelo Ministério Público na solução de problemas envolvendo as políticas públicas”, ressaltou o Promotor de Justiça Leonardo Caribé.

Ao final, foi dado um prazo de cinco dias úteis para que o Grande Recife informe à Promotoria sobre o resultado das tratativas quanto às multas da Expresso Vera Cruz, para então ser formalizado o TAC com os termos descritos na reunião.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: