search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Pastor morre vítima do coronavírus após mais de um mês internado em UTI

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Pastor morre vítima do coronavírus após mais de um mês internado em UTI


O pastor Geraldo Pinto de Oliveira morreu na noite domingo (5) após passar mais de um mês internado com Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Apesar de ser mineiro de Itabira (MG), o religioso era da Primeira Igreja Assembleia de Deus de Aracruz e respondia por 44 congregações no Estado. Ele tinha 63 anos e deixa quatro filhos e esposa. 

O pastor Geraldo Pinto de Oliveira tinha 63 anos, deixa quatro filhos e esposa. (Foto: Acervo Pessoal)
O pastor Geraldo Pinto de Oliveira tinha 63 anos, deixa quatro filhos e esposa. (Foto: Acervo Pessoal)
Segundo um dos filhos, Gedielson Franqueta Oliveira, de 33 anos, o pai era conhecido em toda a cidade de Aracruz.

"O meu pai era um cara fantástico e humilde. Era reconhecido em todo o município. Tinha o título de cidadão aracruzense, justamente pelo tanto que ele se doou pela comunidade", destacou. 

Geraldo deu entrada no Hospital São Camilo, em Aracruz, no dia 31 de maio. Ele apresentava falta de ar e outros sintomas do coronavírus. No mesmo dia, ele foi transferido para a UTI.

De acordo com familiares, a família o transferiu para o Hospital Praia da Costa, em Vila Velha, e ficou até falecer no domingo. A transferência aconteceu por recomendação médica e os familiares não souberam precisar quando aconteceu.

O enterro do pastor aconteceu nesta segunda-feira (6) no cemitério São João Batista, em Aracruz. Um cortejo com vários membros das congregações que o religioso liderava participaram e até a Polícia Militar acompanhou o transporte do corpo até o local do enterro. 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados