search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Para FHC, crise ameaça valor do voto na urna
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Para FHC, crise ameaça valor do voto na urna

Em privado, Fernando Henrique Cardoso tem dito a interlocutores que um eventual abreviamento do atual governo pode punir também “gente séria”, porque transmitirá aos eleitores a sensação de ser possível trocar de presidente a qualquer momento, diminuindo, assim, a importância do voto na urna.

Em livre tradução feita por quem conhece bem o ex-presidente: o risco de outra medida drástica como um impeachment é o País, fraturado, continuar elegendo políticos despreparados para a Presidência, como Dilma Rousseff e Jair Bolsonaro.

Tucanos. No arrazoado das opiniões no PSDB, quem teve papel fundamental no impeachment de Dilma acha que, por enquanto, o momento ainda é de trabalhar pelo País nos governos estaduais e no Congresso, enquanto o presidente se implode politicamente por conta própria.

Aguenta. Paulo Hartung, amigão de FHC e de Luciano Huck, afirma: “O melhor remédio é, sempre, o Presidente cumprir o mandato. Fui contra (o impeachment) na época da Dilma e sou contra agora”.

Se liga I Nessa linha, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre foram aconselhados a manter o foco e mostrar serviço com medidas voltadas ao bem do País.

Se liga II Até porque, neste momento, o Presidente ainda tem força nas ruas. No Congresso, porém, cresce a certeza de que esse apoio está minguando.

Alto lá. “Esperávamos que o coronavírus fosse um inimigo comum capaz de unir os Poderes em busca de soluções. Não é isso que tem acontecido. Mas ainda não é motivo para impeachment. A relação deteriorada não justifica um pedido desse tipo”, afirma Efraim Filho (PB), líder do DEM.
Cadê todo mundo? Para o presidente do PSB, Carlos Siqueira, “impeachment não é questão jurídica, é política. Se não nascer na rua, não acontece”.

CLICK. O procurador Deltan Dallagnol mostrou em suas redes sociais um dos “desafios do teletrabalho”. Ele defende o isolamento para combater o coronavírus.

Cadê todo mundo? Para o presidente do PSB, Carlos Siqueira, “impeachment não é questão jurídica, é política. Se não nascer na rua, não acontece”.

Esquece. Líderes do Centrão têm dito que qualquer votação na hora do binômio “aquecer a economia e combater a covid-19” pode ser prejudicial ao Congresso. O momento é de eleger prioridades, o que pode ser ruim para o governo.

Fora. “Hamilton Mourão assume e lidera neste momento. Tudo indica que enfrentaremos a maior crise da nossa história e Bolsonaro não tem condições (de comandar)”, diz Janaina Paschoal, que defende a saída do Presidente.

Corrida... De olho na rápida aprovação do novo marco legal do saneamento básico, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) avalia que a melhor estratégia é manter o texto no Senado da mesma forma como foi aprovado pela Câmara, para evitar que ele volte para a análise dos deputados.

...sem obstáculos. Tasso avalia negociar com o governo o veto aos pontos que ele considera ruins da versão dos deputados. Ele é o relator da proposta no Senado e acha que o projeto, como está, é muito favorável às privatizações no setor.

Eu?! José Eduardo Cardozo (PT) teve o celular hackeado no fim de semana. Mensagens foram disparadas do aparelho do ex-ministro. Quem as recebeu estranhou logo de cara: a foto do perfil era o presidente Bolsonaro cumprimentando manifestantes em frente ao Planalto.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto estuda retaliar por CPI das Fake News

Pego de surpresa com a prorrogação da CPI Mista das Fake News, o Palácio do Planalto avalia fazer um pente-fino nos aliados que têm cargos e ainda assim assinaram o requerimento para continuar os …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guinada de Bolsonaro surpreende médicos

Médicos e pesquisadores que estiveram quarta-feira (1º) com Jair Bolsonaro se surpreenderam com o vídeo postado por ele contra o isolamento social e a quarentena na manhã seguinte ao encontro. A um …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Bancada evangélica dá retaguarda a Bolsonaro

Em célere caminhada rumo ao completo isolamento político, Jair Bolsonaro ainda pode contar com a bancada evangélica. Embora discorde da forma como o presidente expõe suas ideias, em linhas gerais e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Onda de fake news ataca governadores

Desde o acirramento do embate entre os estados e a presidência, cresce exponencialmente a onda de notícias falsas que têm governadores como alvo. O grosso dessas fake news circula em grupos de …


Exclusivo
Coluna do Estadão

PSDB posterga ida para a oposição a Bolsonaro

Apesar de o sentimento majoritário entre os tucanos ser de oposição formal e imediata a Jair Bolsonaro, esse movimento só deverá ser oficializado pelo PSDB ao término deste período crítico da crise …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Plano da Saúde chegou tarde, avaliam gestores

O documento do Ministério da Saúde entregue a secretários municipais e estaduais com o plano de combate à Covid-19 foi lido por gestores como uma iniciativa tímida e tardia. Uma das principais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Para Temer, País tem de evitar impeachment

Depois do pronunciamento de Jair Bolsonaro na quarta-feira, Michel Temer subiu aos trend topics do Twitter: expressões na linha “eu era feliz e não sabia” surgiram em vários perfis porque o contraste …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Contradições e “guerra cultural” do Presidente

Quando o País ainda buscava assimilar as medidas anunciadas por Paulo Guedes, Jair Bolsonaro minimizava mortes pela Covid-19 e deixava atônitos os mundos político e jurídico. Em contraste com a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Caminhoneiros lançam ameaça de paralisação

Começaram a circular nas redes vídeos com líderes dos caminhoneiros, alguns famosos pela greve de 2018, criticando as restrições impostas em solo paulista à abertura do comércio. Em um deles, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Para aliados, Mandetta fez “recuo estratégico”

Aliados de Luiz Henrique Mandetta (Saúde) no DEM interpretaram a afirmação do ministro sobre a quarentena como “recuo estratégico”. Após o desastroso pronunciamento de Jair Bolsonaro na …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados