search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Papa Francisco envia carta para pai de Henry Borel em gesto de solidariedade

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Papa Francisco envia carta para pai de Henry Borel em gesto de solidariedade


O engenheiro Leniel Borel de Almeida, pai do menino Henry Borel, recebeu uma carta em que o Papa Francisco presta solidariedade pelo que classifica como “massacre” contra o filho, que ocorreu no dia 8 de março.

No documento, assinado pelo Monsenhor Luigi Roberto Cona, assessor para Assuntos Gerais da Secretaria do Vaticano, o religioso diz que “a loucura humana” levou à morte do menino.

Na carta, o pontífice também afirma que é “quase um milagre que uma pessoa ferida como Leniel possa encontrar a coragem de recusar ter ódio no coração”.Outro trecho comovente, o Papa ressalta a fé necessária para a família do menino seguir firme.

O documento foi entregue a uma parente de Leniel que mora em Portugal depois que ela escreveu ao Papa contando sobre o que aconteceu com a criança.

Papa Francisco envia carta para pai de Henry Borel em gesto de solidariedade (Foto: Divulgação)Papa Francisco envia carta para pai de Henry Borel em gesto de solidariedade (Foto: Divulgação)

O papa pede que Leniel e mãe dele, Noeme, não se contaminem pelo ódio e se recusem a odiar aqueles que lhes fizeram mal. "O Santo Padre conta com Leniel e Noeme para contrastar a cultura da indiferença e do ódio que sente crescer ao seu redor, não se deixe contaminar pelo ódio, transformando-se a sua imagem e semelhança. Seja do número das pessoas que se recusam a entrar no circuito do ódio, que se recusam a odiar aqueles que lhes fizeram mal, dizendo-lhes: 'Não tereis o meu ódio'.

“Neste momento, seus familiares sentem que precisam de fortalecer a sua fé, unindo seus corações ao coração do Sucessor de Pedro, cuja fé conta com um apoio especial de Jesus, para confirmar a fé dos seus irmãos".
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.