search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Padre capixaba vira conselheiro do amor e faz sucesso na internet

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Padre capixaba vira conselheiro do amor e faz sucesso na internet


Padre Patrick passou a fazer sucesso depois de superar a depressão e abrir espaço em rede social para dar conselhos com bom humor (Foto: Reprodução / Instagram)Padre Patrick passou a fazer sucesso depois de superar a depressão e abrir espaço em rede social para dar conselhos com bom humor (Foto: Reprodução / Instagram)

Com seu jeito bem-humorado, um padre capixaba tem conquistado milhares de seguidores nas redes sociais. O sacerdote Patrick Fernandes da Costa, de 33 anos, pároco da Paróquia São Sebastião, em Parauapebas, no interior do Pará, dá conselhos amorosos, tira dúvidas e opina sobre diversos assuntos, sempre de forma descontraída.

Atualmente, o religioso possui 1,3 milhão de seguidores no Instagram. Entre eles, está a campeã do Big Brother Brasil 2021, Juliette Freire, e o comediante Rafael Portugal.

Nascido em Colatina, no Noroeste do Estado, o padre Patrick passou boa parte da infância em Santo Antônio do Canaã, distrito de Santa Teresa. “Eu não era religioso na adolescência e na juventude”, lembra.

Ele teve contato com a Igreja Católica e se encantou com o sacerdócio aos 18 anos, durante um retiro. Virou seminarista e, aos 25, foi ordenado padre, em 2013.

No final de 2019, o sacerdote sofreu uma forte depressão e ficou afastado por um mês das obrigações religiosas. Na ocasião, passou uma temporada na casa do irmão, em Santa Teresa, e começou um tratamento com medicamentos.

Ao retornar para Parauapebas, decidiu que precisava sorrir de novo e abriu um espaço no seu Instagram para aconselhar as pessoas de forma leve. “Isso é quase uma terapia, vivemos melhor quando estamos mais felizes”.

Ele conta que a sua experiência como padre, sempre ouvindo as pessoas, o ajuda a responder aos seus seguidores.

Para o religioso, é necessário humanizar o sacerdócio. “Aquele padre inacessível não é uma imagem do que é ideal”, opina.

O jeito bem-humorado do padre Patrick o aproxima dos jovens da igreja, de acordo com o seminarista Gilson Souza da Cruz, da Paróquia São Sebastião. “Ele fala de alguns temas que são tabus, como celibato, pecado, tatuagem, homoafetividade, de uma maneira tão leve, simples, que as pessoas entendem que Deus é amor e compaixão”, salienta.

Fã de carteirinha do pároco, Gilson diz que sempre curte e compartilha as suas postagens.

Para o seminarista, essa é uma nova forma de evangelização, que contribui para quebrar alguns preconceitos sobre a imagem dos padres como pessoas distantes e inalcançáveis.


ENTREVISTA | Pe. Patrick Fernandes
“Eu quero transmitir leveza para as pessoas”


A Tribuna – O senhor sempre foi bem-humorado?
Padre Patrick Fernandes – Eu nem me considero, ainda hoje, extrovertido e engraçado, não. Eu sempre assisti a programas de comédia, mas vejo isso como uma realidade distante de mim. Os vídeos que eu posto no Instagram são caseiros, eu não seria capaz de fazer um show de comédia para outras pessoas.

As missas que o senhor celebra também são descontraídas?
Sim. Eu sempre me esforço para fazer daquele momento uma oportunidade de as pessoas descansarem a alma e saírem dali revigoradas. Eu quero transmitir leveza para as pessoas.

Como foi a recepção dos fiéis aos conselhos na internet?
Eu não tive nenhum problema porque eles me conhecem e sabem dos meus posicionamentos.

Como lida com as críticas negativas na internet?
É uma minoria que faz isso, mas eu procuro não ler comentários muito negativos. A maioria vê com bons olhos, é o que importa.


SAIBA MAIS
ALGUNS "CONSELHOS"


Fui traído quatro vezes, ela disse que, desta vez, ela vai mudar. Posso voltar?
Acho que uma cabeça com cinco chifres é bem mais assimétrica. Nunca gostei de números pares.

Estou encalhada. O que faço para arrumar um namorado?
Primeiro, deixa de andar com as outras encalhadas, porque atrai coisa ruim. Segundo, para de exigir muito, porque você não está em condições…

Onde eu arrumo um homem bom para casar?
Arrumar um homem para casar já está difícil. Agora, para arrumar um homem bom, é mais fácil Jesus voltar.

É pecado se relacionar com duas ao mesmo tempo sem elas saberem?
Olha, vou estar rezando para as duas estarem se relacionando com dois ao mesmo tempo também.

Meu namorado não quer me pedir em casamento. Ele não me ama?
Talvez ame, ele só tem juízo.

O que é melhor de encarar: casamento ou crossfit?
Crossfit fecha no domingo.

Conselho para um namoro a distância... ele vai para outro país.
Termina. Minha querida, pode preparar lenço para chorar, música do Zé Vaqueiro, uns potes de sorvete. Não vai durar, não.

Padre, como ser feliz no casamento?
Só nos sonhos, dormindo.

Estou encalhada, será que é obra do inimigo?
Claro que não! Ele quer que você desencalhe para ter que dar várias provações.

Como esquecer o ex?
Arruma outro.

Eu sou uma “muié” que gosta de “muié”, faço o quê?
Umas aulas de português já está de bom tamanho.

Estou apaixonada por duas pessoas, o que eu faço?
Se eu fosse você, escolhia quem tem a conta mais gorda.

Padre, faz uma oração para minha namorada gostar de musculação?
Deus me livre! Aquilo que eu não quero para mim, não desejo para os outros também.

Não consigo me apaixonar por ninguém. O que eu tenho?
Sorte.

Padre, eu tô ficando com um homem casado e estou com medo da mulher dele descobrir...
Pois eu adoraria que ela descobrisse e te desse uma surra.

Qual a melhor coisa de ser padre?
É não ter casado.

É errado desejar que os motoqueiros que “se exibem de moto” caiam?
Eu torço para eles caírem, só caírem… não morrerem. Só um ralado, pelo amor de Deus!

Bebida alcoólica é pecado?
Se a cerveja estiver quente, sim.

O que acha de quem acorda 5 da manhã para fazer exercício físico?
Tem doido para tudo nessa vida. Eu só acordaria de manhã para ir para Paris. Mas está na moda agora. Diz que dá uma sensação de liberdade e paz. Eu, quando fui, não senti nada disso. Senti ódio, dor nas pernas e vontade de voltar para casa.

O que acha da Série “Lúcifer”?
Comecei a assistir essa série, mas comecei a torcer para o diabo, e caí fora. Deus é pai! Não assisti mais, não.

É pecado colocar unhas postiças?
Será que no inferno tem manicure?

É pecado colocar silicone?
Não, é caro.

Padre, o senhor gosta de crianças pequenas?
Eu adoro, quando elas estão dormindo.


Fonte: Redes sociais do padre Patrick Fernandes da Costa.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.