search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ordem unida
Painel da Folha de São Paulo

Ordem unida

Indicado à PGR, Augusto Aras tem sinalizado a parlamentares a intenção de dar mais poder às câmaras temáticas do Ministério Público, que elaboram pareceres técnicos. Há 7, incluindo as que tratam de meio ambiente, índios e corrupção.

A ideia é ampliar as diretrizes desses órgãos para uniformizar a ação do MPF. O discurso gerou temor de que a autonomia de procuradores ficará em xeque. Pessoas próximas a Aras negam e dizem que ele tem apenas pregado consciência de unidade.

Vamos conversar - Em reuniões com senadores, Aras mencionou conflitos em torno de obras como a usina de Belo Monte (PA), afetada por questões judiciais. Ele tem dito que, antes de um procurador abrir uma ação para barrar uma construção, deve ir ao local e atuar junto aos órgãos envolvidos para tentar chegar a um acordo.

A deus dará - A elaboração do Future-se, bandeira de Abraham Weintraub (MEC), não passou pelo crivo do Ministério da Economia. Em resposta a requerimento do deputado Ivan Valente (PSOL-SP), ao menos 14 integrantes da pasta comandada por Paulo Guedes informaram que não se envolveram nas discussões sobre o programa, que prevê a criação de um fundo para abastecer as universidades.

A deus dará 2 - Para o parlamentar, isso indica que o governo não calculou ou analisou como deveria o impacto financeiro da proposta.

Isca - A oposição vai tentar destravar a CPI das Fake News oferecendo ao governo um cardápio além da política. Um exemplo é o jogo da Baleia Azul, que incentivaria suicídio de adolescentes. "A ministra Damares [Alves] é uma das que vêm combatendo a Baleia Azul. Poderia ser um bom ponto de consenso", diz Carlos Zarattini (PT-SP).

Caça-cliques - O PT também quer levar vítimas de bullying virtual à CPI. Um dos primeiros seria o youtuber Felipe Neto, que vem sendo perseguido por conservadores.

2 pra 1 - Na esteira da discussão sobre o fundo eleitoral no Congresso, o Ministério Público de São Paulo e um grupo de ONGs de mulheres lançam na sexta (20) campanha para incrementar a parcela dos recursos destinados a candidaturas femininas. Propõem que elas recebam o dobro da verba disponibilizada aos homens. Também querem reserva de 50% de vagas no Parlamento, sendo 25% para negras.

Senso de oportunidade - Com o PSL em conflito, o Podemos vê a chance de reforçar sua marca lavajatista. Além da filiação da senadora Juíza Selma (MT), está na mira Major Olímpio (SP), também defensor da CPI da Lava Toga. "Queremos parlamentares que tenham atuação independente e de combate à corrupção", diz a presidente do partido, deputada Renata Abreu (SP).

À disposição - O Podemos sonha ainda em filiar o ex-juiz Sergio Moro caso ele saia do Ministério da Justiça, oferecendo legenda para que ele concorra à Presidência em 2022. "Moro representa muito para o Brasil. Se ele viesse para o Podemos, seria uma honra", afirma Abreu.

Filão - O PRTB, do vice Hamilton Mourão, também está de olho no espólio do PSL. O deputado Júnior Bozzella (SP) foi sondado por Levy Fidelix, presidente da sigla, que indicou também querer conversar com Major Olímpio.

Balcão - A CPI da Assembleia de São Paulo que investiga a parceria público-privada que administra a Furp, fábrica de remédios estatal, questionou nesta terça (17) o ex-secretário de Saúde do estado Giovanni Cerri, que atuou na gestão Geraldo Alckmin (PSDB), a respeito de suas empresas.

Balcão 2 - Cerri deixou a secretaria em 2013, logo após o laboratório EMS, controlado pelo grupo NC, ganhar a concessão da Furp numa licitação em que não houve concorrentes. Em 2016, ele constituiu a Clintech Participações S.A., que tinha entre os sócios um executivo do NC. No mesmo ano, o grupo fez um aporte de R$ 1,5 milhão na empresa.

Balcão 3 - Cerri não vê conflito de interesse. Segundo ele, a secretaria não participou da licitação e não houve favorecimento da EMS. "A sociedade foi anos depois, porque o grupo NC queria investir em um novo projeto, na área de diagnósticos de imagem, que é a minha especialidade."

TIROTEIO

"O regime autoritário da Venezuela cairá por opção do povo. Sem intervenções indevidas ou autoproclamações artificiais".

Do deputado Tadeu Alencar (PSB-PE) sobre o ditador Nicolás Maduro, dizer à Folha que quem vê ditadura na Venezuela é estúpido,

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Recauchutagem completa

Nem alguns dos aliados mais próximos do Planalto estão dispostos a defender na íntegra o recém-lançado Programa Verde Amarelo. A previsão é a de que ele passe por uma "lipoaspiração" no …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Acabou-se o que era doce

A medida provisória que reformulou o programa Mais Médicos e o rebatizou de Médicos pelo Brasil pode ser a primeira vítima notável da insatisfação de parlamentares com o governo. O texto, que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Risco de efeito dominó

O temor de que um gatilho dispare ondas de protestos pelo país entrou na agenda dos governantes. São vários os sinais de cuidado: estados do Nordeste trabalham para garantir o 13º do funcionalis…


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Parque dos dinossauros

Parte do pacote entregue pelo ministro Paulo Guedes (Economia) ao Senado, a proposta que pretende pôr fim a mais de 200 fundos federais deve alterar de maneira profunda os orçamentos de prefeitos e …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Perto da inoperância

Dirigentes de partidos de centro relatam que a relação com o governo Jair Bolsonaro também desandou no Senado. Os motivos são semelhantes aos que levaram líderes desse segmento na Câmara a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Contra-ataque concertado

Paradoxalmente, a negativa de Dias Toffoli ao pedido para rever decisão na qual ordenou a abertura da caixa-preta dos relatórios do Coaf teve gosto de vitória para aliados do procurador-geral, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O que fez no verão passado?

O embate entre setores do Ministério Público e ala do Supremo alcançou novo patamar após a revelação, na Folha de S. Paulo, de que o presidente da Corte, Dias Toffoli, solicitou dados de relatórios …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Devidamente avisado

Auxiliares de Jair Bolsonaro foram informados por volta das 6h de ontem de que partidários de Juan Guaidó haviam invadido a Embaixada da Venezuela. Ao Planalto, a notícia chegou por María Teresa …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vinde a mim

Do nome ao manifesto, a identidade do novo partido de Jair Bolsonaro foi concebida para mesclar temas do militarismo com os de religião, num aceno ao que o Presidente vê como bases prioritárias. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Caminho do meio

Partidos de centro e de esquerda articulam apoio a uma proposta alternativa à que quer reabilitar a autorização para prisão em segunda instância. A tese que tem ganhado mais adeptos é a indicada …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados