search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Oposição teme efeitos contrários de protestos
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Oposição teme efeitos contrários de protestos

Apesar de reconhecer como positivo o fato de, pela primeira vez, há reação nas ruas ao governo de Jair Bolsonaro, dirigentes e lideranças de oposição viram com preocupação os atos pró-democracia.

Primeiro, por causa dos confrontos físicos, em São Paulo e no Rio de Janeiro (para eles, as polícias agiram de forma “desigual” com os manifestantes pró e contra o Presidente). A “estética da imagem” reforça que em um lado há baderna e no outro, ordem. Outro temor é que o confronto seja justamente o que Presidente gostaria para radicalizar.

Quem é. Para a oposição, o fato de os atos terem sido organizados por torcidas de futebol, inclusive rivais (Corinthians e Palmeiras), foi positivo por mostrar que o desgaste de Bolsonaro transcende partidos e políticos.

Ops. Só foi difícil para esses dirigentes defenderem quem foi pra rua em meio à pandemia. Todos têm criticado o fato de o Presidente incentivar seus apoiadores a irem aos atos.

Radicalização Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) disse: “Pode ser que resulte numa onda e ele caia. Mas pode ser que crie um quadro perigoso, desenhado para justificar chamar as Forças Armadas para 'garantir a lei e a ordem'”.

Cobrou. Carlos Lupi, presidente do PDT, avalia que os atos devem continuar crescendo e cobrou uma defesa mais enfática da democracia por parte dos presidentes da Câmara e do Senado: “Estão fazendo uma defesa muito soft”.

Taokey. Apesar dos confrontos, em especial na Avenida Paulista, a Comissão de Direitos Humanos da OAB de São Paulo disse que, nas prisões, não houve nenhuma infração de direitos.

CLICK. O secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, esteve ontem no ato pró-Bolsonaro na Esplanada. “A tempestade é forte, mas o timoneiro é firme”, disse.

Drible I. Técnicos da Economia lamentaram não terem sido informados da parceria do Ministério da Ciência e Tecnologia com a empresa americana Cisco. O acordo visa a “aceleração da transformação digital brasileira”.

Drible II. Embora não seja obrigatório, acordos como esses costumam passar por uma análise conjunta nos ministérios. O acordo foi alvo de críticas por esses técnicos da economia e pela sociedade civil.

Cangaço… A Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, no seu estudo mais recente, disse que o coronavírus está em trajetória ascendente no Brasil todo, com quatro exceções.

...power. O Ceará é o Estado no qual o vírus está diminuindo mais claramente. Sergipe e Pernambuco vêm em seguida. Já a Bahia está como “incerto”, quando o índice bate na trave entre queda e aumento.

Compasso... O Itamaraty reconheceu que há cerca de 280 brasileiros no México sem condições de voltar.

...de espera. A pasta, em um ofício apresentado pelo PSOL, porém, não informou se pretende arcar com os custos da repatriação de quem não pode pagar pelo voo de volta ao Brasil.
Livre. Fora do Ministério da Saúde, Nelson Teich tem usado as redes sociais para expor suas preocupações em relação à Covid-19 de forma mais enfática do que quando na pasta. Já defendeu o isolamento e mais investimentos científicos.

Bombou nas redes

O que aconteceu no Brasil ontem mostra que 70% da população já não aceita 30% tentando se impor como maioria. É uma questão aritmética”

Marcelo Ramos, deputado federal (PL-AM)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

No Palácio do Planalto, o “rei” está com Covid-19

O anúncio de que Jair Bolsonaro está com Covid-19 abalou o clima de aparente “normalidade” do Planalto, onde, desde o início da pandemia, visitantes e funcionários subalternos eram compelidos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Campanha de Covas começa a ganhar forma

A campanha de Bruno Covas (PSDB) à reeleição começa a ganhar forma. Ela terá o secretário particular de João Doria, Wilson Pedroso, como coordenador, uma escolha estratégica sob dois aspectos: 1)o …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Frente de esquerda, por ora, só no discurso

A decisão do PT de lançar candidato a prefeito de Belo Horizonte é mais um indicativo da dificuldade da esquerda em construir uma frente para peitar Jair Bolsonaro neste ano e em 2022. Na …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Santa Cruz na crítica ao “ministério da verdade”

O projeto de lei das fake news gerou rara concordância entre Felipe Santa Cruz e a militância bolsonarista: ambos criticam o tal Conselho de Transparência e Responsabilidade na internet, que consta …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Conselho retoma caso que mira Dallagnol

Depois de uma semana em que a força-tarefa da Lava a Jato de Curitiba sofreu com revelações controversas sobre seu método de atuação, Deltan Dallagnol terá dias complicados pela frente. Para as …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Fraude” dentro de casa preocupa o Planalto

O Palácio do Planalto enviou comunicado a todos os seus funcionários sobre “possíveis casos de recebimento irregular do auxílio emergencial por parte de terceirizados, estagiários e dependentes de …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto unifica dados de repasse a estados

Em guerra contra os governos estaduais, o Planalto passa a divulgar a partir de hoje, de forma centralizada, os repasses diretos e indiretos aos estados: convênios, contratos, obras, emendas e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Crise no MEC marcará governo e gerações

Deixará marcas indeléveis no governo Jair Bolsonaro e nas futuras gerações a comédia de erros em que se transformou a Educação. No primeiro caso, indicando ou não o novo ministro, a ala ideológica …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O que o adiamento das eleições pode ensinar

Há lições a serem tiradas das negociações em torno do adiamento das eleições por causa da pandemia: 1) o Centrão, que só topou “conversar” após Rodrigo Maia e outros líderes serem pressionados pelo …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Hartung vê “surto de populismo” nas crises

O economista e ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, está preocupado com os rumos dos três Poderes nas crises econômica e sanitária da Covid-19. “Acho que tem um surto de populismo no …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados