search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Operado pela terceira vez, Alessandro Zanardi segue em estado neurológico grave

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Operado pela terceira vez, Alessandro Zanardi segue em estado neurológico grave


Alessandro Zanardi (Foto: Reprodução / Instagram)
Alessandro Zanardi (Foto: Reprodução / Instagram)
O piloto italiano Alessandro Zanardi foi submetido a uma terceira cirurgia, nesta segunda-feira, em Siena, na região da Toscana, na Itália, onde se encontra hospitalizado desde 19 de junho, após sofrer grave acidente durante prova de bicicleta de mão.

O antigo piloto de Fórmula 1 passou por uma operação, no hospital Universitário de Siena, de cinco horas para reconstrução craniofacial e estabilização das áreas afetadas pelo traumatismo, de acordo com o boletim médico divulgado nesta segunda-feira.

"As fraturas eram complexas, o que exigia uma programação cuidadosa. Recorremos a tecnologias digitais e tridimensionais feitas sob medida para o paciente. A complexidade do caso é bastante singular, ainda que seja um tipo de fratura com a qual lidamos com regularidade no nosso hospital", informou o médico Paolo Gennaro, diretor de cirurgia maxilofacial do hospital de Siena.

O comunicado conta ainda que após a operação, Zanradi regressou aos cuidados intensivos onde permanece em coma induzido. "As suas condições mantêm-se estáveis do ponto de vista cardiorrespiratório e metabólico, mas graves do ponto de vista neurológico. O prognóstico mantém-se reservado", concluiu.

Zanardi, que perdeu as duas pernas em um acidente de automobilismo há quase 20 anos, está em coma induzido e ligado a um respirador desde que colidiu a sua bicicleta em um caminhão perto da cidade toscana de Pienza, durante uma corrida de revezamento. Os médicos explicaram que ele sofreu um grave trauma facial e craniano e alertaram para possíveis danos cerebrais.

O ex-piloto de Fórmula 1 competia em uma etapa do revezamento do Objetivo Tricolor, uma competição que reúne atletas paralímpicos em bicicletas de mão, triciclos ou cadeiras de rodas. O acidente ocorreu no quilômetro 146 da rodovia entre Pienza e San Quirico d’Orci.

Segundo informações da imprensa italiana, Zanardi teria perdido o controle da sua bicicleta de mão em uma descida, em uma curva, indo para a pista oposta. Na contramão, ele se chocou com um caminhão. Um vídeo divulgado pela emissora Tgr Rai Toscana mostra o que aparentemente era o equipamento de Zanardi tombado de lado na beira da estrada, parcialmente destruído.

Zanardi soma quatro medalhas de ouro paralímpicas. Ele competiu na Fórmula 1 entre 1991 e 1994, depois indo para o automobilismo norte-americano, onde foi campeão na Cart em 1997 e 1998, regressando no ano seguinte para a F-1.

Em 2001, um grave acidente em corrida da Cart na Alemanha o fez perder as duas pernas. O italiano ainda seguiria envolvido no automobilismo, mas aos poucos passou a se concentrar no esporte paralímpico. E faturou dois ouros nos Jogos de Londres-2012 e outros dois no Rio-2016.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados