search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Olimpíadas e coronavírus: será que dá?
Elas em Campo

Olimpíadas e coronavírus: será que dá?

Bandeira com os arcos olímpicos  (Foto: Divulgação Comitê Olímpico Internacional (COI))
Bandeira com os arcos olímpicos (Foto: Divulgação Comitê Olímpico Internacional (COI))
Por Mayra Scarpi

A gente espera quatro anos para os Jogos Olímpicos e, faltando meses para a competição, um novo vírus chega a todos os continentes. Dezenas de milhares de pessoas são infectadas e muitas já morreram.

E agora?

Todos os dias saem muitas reportagens sobre o coronavírus e os números de casos confirmados só crescem. É até difícil acompanhar a quantidade de informação que chega o tempo todo.

De acordo com a emissora portuguesa RTP, quase 70 países já registraram a presença da doença.

Então dá pra ter Olimpíada no Japão desse jeito? Na quarta (4), o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse que a possibilidade de adiar ou cancelar as Olimpíadas não é discutida. A informação foi publicada na Folha de São Paulo. 

Mesmo que o país não adie os jogos, os outros vão enviar as delegações? Os atletas correm riscos? Isso sem falar na quantidade de turistas em uma competição desse porte.

São anos de preparo para uma disputa como essa. É necessária uma alta performance para um evento assim e que o corpo esteja 100%. É a primeira chance de muitos e a última de outros para ganhar uma tão sonhada medalha.

O coronavírus é traiçoeiro porque parece uma doença viral como estamos acostumados. Porém, autoridades do mundo todo ainda estão se desdobrando para entendê-lo, tratá-lo e pará-lo.

É até difícil tentar prever como estará a situação no futuro, já que em janeiro não poderíamos imaginar a força que a doença ganharia no mês seguinte.

Mesmo que os jogos sejam mantidos, é sempre bom manter os cuidados básicos de higiene já informados pelos especialistas. Independente do número de casos e países afetados pelo coronavírus.

Ao finalizar esse texto, lave as mãos ou passe álcoo em gel, beleza?!


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados