search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ocupação de leitos de UTI para Covid se mantém abaixo de 50% no Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Ocupação de leitos de UTI para Covid se mantém abaixo de 50% no Estado


Leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 (Foto: Giovani Pagotto/Governo-ES)
Leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 (Foto: Giovani Pagotto/Governo-ES)

A ocupação dos leitos de Unidade Terapia Intensiva (UTI) para tratamento de pacientes com a Covid-19 se mantém abaixo de 50% no Espírito Santo. A informação foi dada pelo governador do Estado, Renato Casagrande, durante pronunciamento pelas redes sociais no início da noite desta sexta-feira (18). 

No último sábado (12), o índice chegou a 48,53% e, ao longo desta semana se manteve abaixo dos 50%, fechando esta sexta-feira em 47,13%.

O governador informou que o Estado abriu 715 leitos de UTI, mas, no momento devido a redução no número de casos e da demanda, alguns deles estão sendo disponibilizados para outras enfermidades.

"É o número de leitos que podemos chegar se necessário. Se houver um crescimento, uma nova onda, a gente tem como chegar a 715 leitos de UTI. Neste momento, estamos reservando para tratamento de Covid-19 em torno de 540 leitos", explicou ele. 

Casagrande destacou que o Estado chegou a quase 90% da ocupação dos leitos de UTI - caso esse índice chegasse a 91%, o bloqueio total, o chamado lockdown, seria decretado nas cidades capixabas.

De acordo com os dados do Painel de Ocupação de Leitos, da Sesa, atualmente, 337. dos leitos estão ocupados por pacientes com Covid-19.

Leitos

Dentro do Painel de Ocupação de Leitos, a Sesa divulga dois dados: leitos totais e leitos disponíveis.

O primeiro desses percentuais leva em conta o preenchimento dos leitos de UTI, considerando todas as vagas abertas no Estado para tratar a doença. Atualmente, são 715, conforme o governador. 

Como a demanda por leitos de UTI para Covid-19 reduziu nos últimos meses, a Sesa disponibilizou mais de 100 dessas vagas para o tratamento de outras enfermidades. No entanto, em caso de um novo aumento na busca por leitos. esses equipamentos passam a ocupados por pacientes infectados pelo coronavírus.

Do total de 715 leitos, 545 estão reservados e disponíveis apenas para Covid-19 no Estado e 337 ocupados por pacientes que se tratam dessa doença, o que produz uma taxa de ocupação de 61,83%. 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados