search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“O que não é visto, não é lembrado”, diz Jorge, da dupla com Mateus

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

“O que não é visto, não é lembrado”, diz Jorge, da dupla com Mateus


Jorge e Mateus (Foto: Divulgação)
Jorge e Mateus (Foto: Divulgação)
O que fazer quando um relacionamento amoroso acaba? Para muitos, mostrar o quanto está feliz nas redes sociais é a saída para deixar o ex-parceiro arrependido.

E vale tudo para provar que não está na pior, desde postar aquela foto em frente ao espelho mostrando o quanto está bem com o próprio corpo até publicar vídeos curtindo uma noitada com os amigos.

Mas, e na época do Nokia Tijolão, que não tinha Instagram e Facebook, será que o sofrimento causado no antigo companheiro era menor?

O sertanejo Jorge, parceiro de Mateus, acredita que sim. A dupla goiana emplacou esse ano o hit “Tijolão”, que traz a história de um homem que não aguenta mais ver a amada mostrando estar em boa fase na internet e afirma que vai trocar o celular dela por um daqueles antigos que só mandavam mensagem e faziam ligação.

“O que não é visto, não é lembrado, não é mesmo? (Risos) Acredito que antes era mais fácil lidar com o sofrimento porque a exposição do outro não era tanta. Naquela época não tínhamos tanto acesso à vida alheia, por outro lado, hoje temos tantas informações disponíveis, digo a do outro no caso, que para algumas pessoas pode até ser mais fácil saber onde o ex frequenta ou as atitudes que escolheu diante daquela situação, por exemplo. Mas, para alguns, isso pode ser mais difícil também... Bom, só sei que essa nova geração nunca saberá como era viver nessa época Tijolão”, diz, aos risos, ao Tribuna Online.

“Tijolão”, ao lado de “Carinhosa”, são as canções inéditas que a dupla apresenta nesta sexta-feira, dia 27, no Multiplace Mais, em Meaípe.

A noite ainda conta com show do grupo de pagode baiano É o Tchan, que sobe ao palco com clássicos de 25 anos de carreira, como “Dança da Cordinha”, “Pega No Bumbum” e “Brincadeira da Tomada”, além da nova “Teimosinha”.

Entrevista com Jorge e Mateus:

AT2: Em fevereiro, reuniram 25 mil pessoas em Goiás para apresentar o projeto “Jorge & Mateus Único”. Como é esse show?
Mateus: “Jorge e Mateus Único” é um projeto que já apresentamos em algumas cidades. O que difere do show que já apresentamos, é que no projeto cantamos nossos sucessos que fazem parte dos trabalhos lá do comecinho até os mais atuais.

Essa apresentação é feita em uma ordem cronológica. E a cada single lançado, incluímos também nesse set list. São quase 15 anos de trabalho, graças a Deus temos aí muita história a ser cantada. 

AT2: Vão dividir o palco do Multiplace Mais com o É o Tchan. O pagode baiano do grupo marcou a vida de vocês, assim como a de muitos brasileiros?
Jorge: Quantas histórias já vivemos ao som dessa banda baiana que marcou época, né? Os caras animam a galera por onde passam!

AT2: Vocês possuem uma relação muito próxima com os fãs. Através das redes sociais, Jorge chegou até a pedir desculpas por uma selfie que saiu errada, com o microfone em frente ao rosto da fã. Se divertem com essas situações? O bom humor é sempre a melhor saída para lidar com os fãs após a rotina cansativa de shows?
Jorge: Bom humor sempre! Graças a Deus temos nossos fãs e devemos a eles muito do que somos e conquistamos.

E sempre há esse contato, essa proximidade. O carinho que recebemos nos motiva, cativa e incentiva.

Jorge e Mateus (Foto: Samuel Nunes/Divulgação/Instagram)
Jorge e Mateus (Foto: Samuel Nunes/Divulgação/Instagram)


AT2: Tudo que vocês lançam vira hit, com milhões de streams e visualizações no YouTube. Qual é o segredo para sempre estar no topo das paradas e conquistar o título de artista mais ouvido no Brasil durante a última década, segundo dados do Spotify?
Mateus: Recebemos esse título e ficamos muito felizes! E não tem nenhum segredo. Todo trabalho que produzimos é sempre feito com muita cautela... Carinho mesmo!

E esse resultado se deve a muita dedicação e amor pelo que gostamos de fazer, que é a música! 

Jorge e Mateus durante show em Minas Gerais (Foto: Samuel Nunes/Divulgação/Instagram)
Jorge e Mateus durante show em Minas Gerais (Foto: Samuel Nunes/Divulgação/Instagram)
AT2: O novo hit “Cheirosa” traz uma história de desilusão amorosa. São daqueles que se limitam a dizer que “tá tudo bem” ou falam mesmo o que estão sentindo? Quando estão com saudade da família, uma gelada sempre cai bem?
Mateus: Olha... só acho que uma gelada sempre cai bem! (risos) 

AT2: Não lançaram nenhum disco este ano, apenas os singles “Tijolão” e “Cheirosa”. O público pode esperar um álbum ou um DVD em 2020?
Mateus: Já estamos trabalhando no nosso próximo álbum que deve ser gravado no começo do ano que vem, provavelmente no final do mês de março... por aí.

Por enquanto estamos em um processo de triagem para escolha do nosso novo repertório. 

AT2: Quando sai a parceria com Marília Mendonça?
Jorge: Fomos convidados pela Marília para participação no seu próximo DVD. Aceitamos, claro! 

Já definimos a música, porém, com a maternidade dela, a gravação provavelmente foi adiada. Estamos esperando o seu retorno aos palcos. Tenho certeza que será um trabalho e tanto!


SERVIÇO:

JORGE E MATEUS E É O TCHAN
Data: 27 de dezembro, sexta-feira, às 22 horas
Local: Multiplace Mais (R. A, Lote 09, Meaípe, Guarapari, Espírito Santo)
Ingressos* (4º lote/meia): Front Stage a R$ 130 e Camarote 2 a R$ 180. Mesas para 4 pessoas (2º lote/único): Bronze a R$ 1.000, Prata a R$ 1.500 e Ouro a R$ 2.000
Meia-entrada solidária: Todos têm direito à meia ao levarem 2 quilos de alimento ou 1 agasalho ou 1 brinquedo em bom estado ou 1 lata de leite em pó ou fralda infantil ou geriátrica.
Pontos de venda: Loja Bagaggio (shoppings Vitória, Praia da Costa e Boulevard Shopping Vila Velha), Loja Country Ville (Cariacica) e site ticketpremium.com.br
Classificação etária: Para o evento, 16 anos. Menores de 14 e 15 somente com a presença dos responsáveis legais. Para o Club Maritmo, 18 anos


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados