search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

O que falta para o Brasil se tornar uma grande nação?
Tribuna Livre

O que falta para o Brasil se tornar uma grande nação?

Somos um País jovem. Nossa democracia é recente. Quem é que nunca ouviu essas assertivas? Mas como falácias, essas afirmativas, que se somam a tantas outras, parecem que só servem para justificar o injustificável: a bagunça generalizada que nos acompanha a séculos, que se mostra na face mais cruel através das injustiças sociais: fome, miséria, educação de péssima qualidade e pior, em muitos casos sem perspectiva reais de dias melhores.

Mas afinal, o que falta para o Brasil se tornar uma grande nação? Por que insistimos em manter um modelo político, social, econômico e jurídico, que insiste em se digladiar, como se fosse uma doença autoimune?

Quem são os poucos que se beneficiam com esse tipo de sociedade? Por que insistimos no nosso fracasso? Por que não temos a coragem de encarar e fazer acontecer uma solução?

A percepção que tenho é que estamos sem rumo, sem destino, como um barco à deriva no reboliço do alto mar. Não conseguimos delimitar o certo do errado, independente de qual seja a situação ou pessoa envolvida; não conseguimos delimitar entendimentos, pois quem ameaça pode ser preso, mas quem mata pode estar solto; quem é honesto dificilmente vence na vida e quem se envolve em falcatruas quase sempre se dá bem; não conseguimos fazer da nossa riqueza uma forma de desenvolvimento social; não temos coragem de encarar os dilemas que enfrentamos, na verdade gostamos mesmo é de jogar a poeira para debaixo do tapete, por isso somos um país em que praticamente tudo acaba em pizza.

Assim, confundimos liberdade com libertinagem; furto com pegar emprestado; porrada com “só um tapinha não dói”; em vários casos tratamos pessoas como se fossem animais; poder com autoritarismo; justiça com migalhas; estamos chegando no absurdo de medir o amor a Deus pelo bolso, e a Teologia da Prosperidade está aí como prova; vivemos uma era de assassinato de reputações e infinitos aplausos para os verdadeiros canalhas da nação.

Enfim, as coisas estão tomando uma direção a cada dia mais tenebrosa, vexatória e desumana.

Não conseguimos apurar, punir e diminuir com eficácia a corrupção, o jeitinho, a malandragem. Se há corruptos, vendedores de sentenças, gente envolvida nos mais diversos tipos de crimes, principalmente delitos contra o povo, precisam ser extirpados, banidos de atividades públicas, enfim, punidos exemplarmente. Independente de qual poder e instância o sujeito seja.

Nosso País nunca será o país que queremos, enquanto nossos poderes só mostrarem suas caras, quando por algum motivo, forem incomodados, por pisarem nos seus calos e mesmo assim, para se defenderem, como excelentes corporativistas, pouco importando com o destino dos milhões de brasileiros. Pois se há gritos eles precisam ser averiguados.

WALBER GONÇALVES DE SOUZA é professor e escritor.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Compensação financeira aos profissionais da saúde

Compensação financeira aos profissionais da saúde No dia 26 de março de 2021, foi sancionada a Lei nº 14.128/2021, que dispôs sobre a instituição de compensação financeira a ser paga pela União …


Exclusivo
Tribuna Livre

A urgência dos cuidados antes e depois da vacina contra a Covid

Desde o início da tão esperada vacinação contra a Covid-19 no Brasil, que começou no dia 17 de janeiro deste ano, são registradas quedas nos números de casos, internações e mortes entre pessoas de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Embriaguez ao volante deve ser tratada com rigores e iras da lei

Muito se fala sobre mortes causadas por armas de fogo, mas os veículos automotores causam mais estragos do que qualquer revólver ou pistola, e têm uma letalidade mais cruel e com maiores resultados. …


Exclusivo
Tribuna Livre

Se a entrega do imóvel atrasar, o comprador pode ser indenizado?

É comum a aquisição do imóvel durante a construção, ou na linguagem popular: comprar o imóvel “na planta”. Normalmente, essa compra do imóvel “na planta” é mais vantajosa economicamente. Mas, se há …


Exclusivo
Tribuna Livre

Consequências jurídicas para os “fura-filas” da vacinação

Nos últimos meses, o Brasil experimentou um crescimento exponencial nos números de vítimas fatais em razão da Covid-19. O agravamento da pandemia provocou um colapso no sistema de saúde de vários …


Exclusivo
Tribuna Livre

O elo entre índice de desemprego e os benefícios do INSS

Com o aumento crescente do índice de desemprego, muitos segurados do INSS deixam de contribuir mensalmente à Previdência Social. Acontece que ficar longos períodos sem contribuir faz com que os …


Exclusivo
Tribuna Livre

A dura realidade da insônia provocada pela pandemia

Entrando no segundo ano da pandemia, um assunto recorrente é a insônia. Com a ansiedade e o estresse que todos estão vivendo, esta síndrome segue em alta. De acordo com um estudo feito pela Universid…


Exclusivo
Tribuna Livre

Redes sociais e vendas na internet salvam negócios na pandemia

Manter as vendas, crescer e até aumentar o faturamento apesar da pandemia, lockdown, distanciamento social. É utopia ou realidade? É, sim, uma realidade, para muitos negócios que já apostavam no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Combate ao preconceito sofrido por quem tem transtorno mental

Nossas mentes estão cada vez mais cansadas diante de tantas informações e novos cenários. Consequentemente, ter que lidar com os transtornos que a pandemia está causando na vida cotidiana e na saúde …


Exclusivo
Tribuna Livre

Conquistas e desafios do Marco Legal da Primeira Infância

Em 2016, o Brasil obteve importante conquista com a entrada em vigor do Marco Legal da Primeira Infância (Lei nº 13257/2016) que concretizou princípios previstos em nossa Constituição e traçou …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados