search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

O medo do colapso
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


O medo do colapso

Os transtornos econômicos gerados pela paralisação do futebol trouxeram apreensão aos clubes brasileiros. E os primeiros a sentirem o baque são os que fizeram planejamento de fluxo de caixa baseado em receitas direta ou indiretamente advindas dos jogos das Copas da Conmebol ou da CBF.

Quem imaginava usar o dinheiro da bilheteria e/ou da premiação desses torneios para quitar dívidas ou bancar os custos do departamento de futebol fez de tudo para seguir jogando com os portões fechados.

Há muita incerteza sobre quando e como serão retomadas as atividades.

Circulam informações em algumas praças de que os Estaduais não serão retomados e até de que o Brasileirão já não iniciaria em 2 de maio. Nada oficial, mas com grandes chances de ser. E tudo isso potencializa o medo de que haja impacto no repasse das cotas de TV.

O risco do colapso financeiro é real e é possível que o próximo tema posto em pauta na CBF seja a discussão sobre acesso e descenso das Séries A, B e C.

Estimativa

Na Europa, o adiamento dos torneios da Uefa reflete que a bola ficará sem rolar por pelo menos um mês, tempo meramente estimado.

As finais da Champions e da Euro League, por exemplo, passaram de maio para junho. E, por exigir logística complexa e comercialização de suas propriedades, a Eurocopa de 2020, torneio de seleções que este ano seria disputado em 12 países-sede, passou para junho de 2021 — tempo tido como suficiente para conclusão dos torneios das Ligas e recuperação da confiança dos europeus.

Esforço

No caso de adiamento do início das competições nacionais, a CBF terá de rever seu calendário, trabalhando na adequação de datas para disputa dos torneios sul-americanos.

Trata-se de momento raro no futebol profissional e é possível que ao final do recesso vejamos clubes devastados.

O esforço terá de ser de todos.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Outros quinhentos...

Existe interessante discussão entre torcedores e jornalistas sobre até que ponto a falta de público nos estádios influenciará no desempenho técnico dos times. A nova realidade imposta pela pandemia …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A peça que falta...

O marfinense Salomon Kalou, que completa 35 anos nesta quarta-feira, ainda está no aguardo do visto europeu para confirmar sua chegada ao Rio de Janeiro na próxima sexta-feira. É o tal Schengen …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O sofrimento bate à porta

A uma semana da abertura do Brasileiro, tentando ainda entender a economia do futebol no novo mundo, os principais clubes das Séries A e B começam a sentir o impacto dos meses sem futebol no segundo …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A aposta da vez...

O Flamengo está mesmo em vias de acertar com o treinador Domènec Torrent, de 58 anos, que fez carreira ao lado do vitorioso Pep Guardiola, auxiliando-o no Barcelona, no Bayern Munique e no Manchester …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O o enredo visto no Rio se repete em São Paulo e em Minas, no Sul do país e no Nordeste: bola rolando fora de hora, times com baixa competitividade e jogos pouco atrativos. Como já andei …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O atraso...

A duas semanas da estreia do time no Campeonato Brasileiro, o Vasco deu folga aos jogadores no sábado e no domingo – isso depois de mais de cem dias de inatividade no campo. Segunda (27), os …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Carli, Yony e Kalou...

O Vasco tem problemas no caixa, a exemplo da maioria dos grandes clubes brasileiros – e os últimos acontecimentos no Santos e no Corinthians mostram que o momento não está fácil para ninguém. Mas a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O tom da crueldade...

Embaçadas por tudo que cercou a conquista do bicampeonato do Flamengo, as análises da atuação do Fluminense nos três jogos que decidiram a Taça Rio e o Carioca tiveram o imperceptível tom da …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O substituto...

Seja lá quem for o próximo técnico do Flamengo, o substituto de Jorge Jesus encontrará um elenco bem fornido, de alta qualidade técnica, e um time experiente, entrosado, e com padrão e conceito de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

“Tudo..., não terás!”

O Flamengo de Jorge Jesus levou seis dos nove troféus que disputou em 12 meses de competição. Venceu Taça Guanabara, Carioca, Brasileirão, Supercopa, Libertadores e Recopa. Perdeu Taça Rio, Copa do …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados