search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“O Judiciário não está parado”
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


“O Judiciário não está parado”

Numa cerimônia concorrida, com a presença de representantes de todos os poderes e até do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Ronaldo Gonçalves tomou posse ontem como presidente do TJ capixaba.

Fez uma defesa do Judiciário, disse que há problemas que não foram criados pelos magistrados, mas que cabe a eles resolverem. Citou que o País é um dos mais litigantes do mundo, com 93 milhões de processos pendentes (dados de 2018) – desse montante, 28 milhões de ações deram entrada no ano passado. “O Judiciário não está parado”, disse, como que para justificar uma crítica comum sobre a lentidão da Justiça.

Num discurso quase poético – citando escritores e trechos de músicas –, falou de objetivos que pretende alcançar em sua gestão, como a instalação de processo eletrônico na 2ª instância e o enxugamento da máquina pública. Mas, disse que sua grande meta está na bandeira do Estado: trabalhar e confiar.

Ronaldo sem a toga...

Coube ao decano do TJ, desembargador Adalto Dias Tristão, mostrar quem é o novo presidente da Corte sem a toga. Botafoguense, devoto de Nossa Senhora da Penha, amante da boa música e das poesias de Álvares de Azevedo e Humberto de Campos, Ronaldo Gonçalves, nas palavras de Adalto, é cria do bairro Jucutuquara e da turma de Direito de 1972.

“Discussão inócua”

O projeto que autoriza prisão logo após condenação em 2ª instância avança no Congresso, após o STF ter decidido o oposto. Para o especialista em Processo Penal Rivelino Amaral, a discussão é inócua. “A Constituição não pode ser alterada, porque este ponto é cláusula pétrea. A prisão é depois de transitado em julgado o processo. Se alterar, será ilegal”.

Tá pegando fogo, bicho!

Por pouco um curto-circuito num reator ligado ao plenário da Câmara de Vitória não terminou em incêndio ontem. O cheiro de queimado estava tão forte que o plenário foi interditado e a sessão solene do Dia dos Direitos Humanos foi cancelada. O presidente da Casa, Cleber Felix, disse que a equipe de manutenção entrou em cena rapidamente.

Discurso de Gama foi de Deus a garçom

Evangélico, o agora ex-presidente do TJ-ES Sérgio Gama separou uma boa parte do seu discurso para os agradecimentos – além de uma breve prestação de contas. Começou agradecendo a Deus, passou pelos colegas de trabalho, citou o governador Casagrande e os ex – Hartung e Zé Ignacio –, a família e não se esqueceu de PMs, motoristas e garçons que atuaram com ele na gestão.

Projeto de transição vai para Ales semana que vem

O projeto do governo que trata da transição de regimes previdenciários para os servidores públicos segue para a Assembleia na semana que vem. O prazo foi definido pelo governador Renato Casagrande. “Vai semana que vem. Ele segue os mesmos parâmetros do que foi decidido nacionalmente”, disse Casagrande ao final da posse do novo comando do Tribunal de Justiça, ontem. Questionado se espera resistência ao projeto, disse que não. “Não é polêmico, não”.

Galeria

Um show à parte
O filho do desembargador Ronaldo Gonçalves, André Gonçalves, cantou três músicas em homenagem ao pai que tomou posse ontem na presidência do TJ. A 1ª, “Ave Maria”, foi cantada exatamente às 18 horas.

Melhor prevenir
Casagrande chegou às 15h para a posse no TJ, marcada para às 15h30 de ontem. Pra compensar por ter chegado atrasado na posse do TRE na quarta. Já o presidente da Ales, Erick Musso, não compareceu.

Protesto do interior
Moradores da comunidade de Serra Pelada, em Afonso Cláudio, fizeram um protesto ontem para reivindicar o asfaltamento de um trecho de 200m da BR 484, no km 14, que liga Afonso Cláudio a Laranja da Terra. Também querem a construção de uma ponte no local, prometida há 20 anos.

Mulheres em destaque
A capitão da PM Isabela Mercedes foi quem apresentou a tropa para o governador e para o novo presidente do TJ passarem em revista.


 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados