search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“O importante é correr atrás de sua paixão”, diz Xand Avião

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

“O importante é correr atrás de sua paixão”, diz Xand Avião


Ficou com medo de se entregar a um amor e se arrependeu profundamente? O cantor Xand Avião, um especialista em cantar músicas apaixonadas e que já encontrou a sua cara-metade – a digital influencer Isabele Temoteo –, tem um conselho que pode dar uma dose de ânimo e coragem.

Xand Avião tem 38 anos de idade. (Foto: Divulgação/JOÃO LUIS)
Xand Avião tem 38 anos de idade. (Foto: Divulgação/JOÃO LUIS)
“Nada melhor do que experiência de vida para reconhecer um amor verdadeiro. Muitas vezes, as pessoas se sentem perdidas e não têm certeza dos seus sentimentos, e isto é normal. O mais importante é reconhecer e correr atrás de sua paixão”, destaca o artista de 38 anos ao AT2.

Natural do Rio Grande do Norte, ele canta sobre o arrependimento de não ter se entregado a um amor verdadeiro na música “Me Calei”, originalmente lançada em 2015, mas que, no mês passado, ganhou versão inédita, ao lado do cearense Wesley Safadão.

O clipe da regravação foi filmado no Beach Park Fortaleza, no Ceará, mesmo local da live conjunta dos forrozeiros, e já ultrapassa a marca de 5 milhões de visualizações no YouTube.

E as novidades de Xand Avião nesta quarentena não param por aí! Em voo solo desde 2017, quando lançou o disco “Voando Alto”, o cantor se prepara para divulgar, na quinta-feira, um EP com duas canções: uma inédita e uma regravação.

Já no sábado (26), ele vai gravar um novo projeto, com participações de Os Barões da Pisadinha, Dilsinho, Lauana Prado e Léo Santana. O trabalho composto de músicas inéditas será lançado em novembro.

“Foi um dos grandes sonhos realizados este ano”

AT2 Tem feito lives nesta quarentena e já dividiu o palco com Safadão e Fagner. Fazer lives e encontrar os parceiros têm sido a melhor forma de matar a saudade dos palcos?

Xand Avião Com certeza! É uma maneira de matarmos a saudade do palco, e, mesmo de longe, sentir um pouco a energia do público que sempre tem nos apoiado.

É um momento de nos reinventarmos, sempre com segurança e seguindo todas as normas e recomendações de saúde, e de levar também entretenimento para o pessoal em casa.

Acredita que este atual cenário dos shows online tem ajudado o forró e seus astros a chegarem mais longe?

Ah, super! Acho que a tecnologia ajuda, com certeza, o nosso trabalho a chegar em mais lugares. Tem sido superpositivo, e acredito que para outros cantores também. O forró, cada vez mais, tem dominado o Brasil afora, e isto me deixa muito feliz. Temos muitos talentos incríveis e que merecem reconhecimento.

Durante a quarentena, realizou um desejo antigo de cantar ao lado de Fagner. Como foi?

Este, sem dúvida, foi um dos grandes sonhos realizados este ano. Sempre fui superfã do Fagner e poder cantar ao lado dele foi algo inesquecível.

Com Safadão, lançou versão de “Me Calei”. Como surgiu a ideia de colocar a voz do cantor nesta canção?

A música já era um enorme sucesso, e, para regravá-la, nada melhor do que meu parceiro Wesley Safadão, que é um amigo de longa data e muito talentoso. Além disto, nossos projetos sempre dão muito certo e têm uma receptividade muito positiva pelo público. O resultado ficou bem massa!

Como avalia esses três anos de carreira solo?

Tem sido uma experiência única! Passei incríveis momentos com toda a formação original do grupo, e sentimos que este seria o momento certo de seguir com a nova formação.

A pandemia atrapalhou algum plano seu? E o que a nação aviãozeira pode esperar para os próximos meses? Tem algum projeto na manga?

Tínhamos um DVD para ser gravado em Fortaleza, mas que, infelizmente, teve que ser adiado.
Tenho aproveitado a quarentena para colocar as ideias em ordem, planejar coisas novas. Então, com certeza, tem muita coisa bacana por vir.

O fato de ainda não termos data para o retorno dos shows te deixa angustiado? O que espera para o futuro do mercado de entretenimento?

Para a gente do meio artístico que está acostumado com a agitação, com a proximidade com os fãs, foi um baque de início, né? Mas estamos nos adaptando. Por enquanto, temos que seguir todas as recomendações, a vida das pessoas em primeiro lugar. Com fé em Deus, logo mais estaremos juntos quando tudo estiver melhor.

Qual tem sido seu lema nesta quarentena? Como sua família tem enfrentado este período tão delicado?

Agradecer por ter a oportunidade de poder trabalhar de casa durante esta pandemia. Tenho aproveitado demais ficar ao lado de minha família, que é a minha grande paixão.

Vem postando bastante sobre suas voltas de bicicleta em seu Instagram. Como se deu essa paixão pelo ciclismo?

É algo muito bom, não só para o corpo, mas para nossa mente também, sabe? Me sinto muito mais saudável, disposto e feliz com a prática de exercícios como este.

Usa muito as redes sociais para falar sobre as críticas que recebe. Esses comentários negativos ainda te atingem?

As críticas acabam fazendo parte, mas tento focar naquelas que irão me fazer uma pessoa melhor. Comentários maldosos, prefiro não focar muito.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados