search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

O bom convidado
Claudia Matarazzo
Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo


O bom convidado

Convidado para um jantar entre amigos, será que tudo o que você tem a fazer é aparecer e comer? Não mesmo. Ora, preparar um jantar é um trabalho árduo. Seu anfitrião pode ter tirado todo o dia de folga para preparar o cenário ou passou boa parte do tempo acordado, virando a carne assada lentamente.

Portanto, acredite: ele espera algo – além da sua presença – em retorno. O bom convidado sempre vai além do óbvio, mas vamos tratar das coisas óbvias primeiro:

Responda prontamente – Se estiver livre, diga logo. Se precisar responder depois, faça-o sempre alguns dias antes da data em questão – o mais rapidamente possível.

Alergias e preferências – Se tiver alguma, informe, sem nenhum problema, mas não deixe seu anfitrião/ã constrangido no dia!

E se decidir trazer um amigo? – Nem pense. A não ser que a pessoa esteja hospedada com você. Mas ela também pode ter uma noite livre e você evita transtornos no jantar.

Pontualidade – Chegar com 15 minutos de atraso (e não mais, por favor) é aceitável. Mas, nunca, nunca mesmo, chegue antes, naquela hora frenética em que estamos acabando de nos vestir ou preparar a mesa.

Bebidas, bombons ou flores – O bom convidado sempre pergunta com bastante antecedência se pode trazer algo específico, como um pudim, e sempre ouve “oh, não, apenas vocês”.
Mas este é o código para “traga alguma coisa para complementar o cardápio”. 

Participe! – Se Elvis e Jesus não fossem tão complicados para aparecer, você provavelmente não seria convidado. Seu dever é interagir tanto quanto possível.
Isso, no entanto, não significa transformar a noite em um show pessoal ou, deliberadamente, iniciar discussões com outros convidados. Mas sim, é grosseria pura excluir alguém de uma conversa, por mais maçante que você pense que seja.

Ajude – Veja se é preciso limpar algum cinzeiro (sim, eles podem estar sujos), retirar pratos ou ainda ajudar a organizar as coisas na cozinha. Ajude no que der e se deixarem. Sem insistir demais e sem se omitir completamente

Saia na hora certa – Um bom convidado nunca excede às boas-vindas. Não importa o quão bem você conhece os anfitriões, não há desculpa para relaxar bebendo quando eles estão lutando para manter os olhos abertos. 

Ofereça-se para ajudar com a limpeza por todos os meios, mas faça as suas desculpas ao primeiro sinal de um bocejo. 

Agradecer depois – Precisa? Não é obrigatório, mas faz a maior diferença. E sempre, sempre mesmo, é apreciado e lembrado.

Pode ser com um cartão de agradecimento, mensagem de texto ou e-mail. Mas, de verdade, ligar ou deixar um áudio ainda é a melhor pedida.

Porém, no dia seguinte ou alguns dias depois, tá? Infinitamente melhor do que um elogio bêbado às duas da manhã. 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Um futuro nem tão ambicioso

Vamos falar do futuro. O futuro que, agora percebemos, foi subitamente sabotado – e está, neste exato momento, sendo repensado, ressignificado, reinventado, e uma porção de outros “res” que nos …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Lições da pandemia

Não vamos falar da finitude, de nossos medos, nem da angústia de ver nossas vidas em risco graças ao total despreparo, da boçalidade e pura teimosia dos titulares de nosso “desgoverno” – que poderiam …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

De meditação a sexo nas lives

Você entraria em uma web suruba? Pagaria para entrar? Confiaria no anonimato da organização? Se ficou perplexo com a possibilidade, saiba que não está sozinho. Mas não apenas as web surubas …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Novo momento, novos horários

Vivemos um novo momento trazido pela pandemia de Covid-19: home office, cursos a distância e reuniões agora fazem parte do nosso dia a dia. Se em casa economizamos preciosas duas horas por dia (que …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Eliminar para iluminar

A frase é da jornalista da Lilian Pacce e foi dita em uma fala sua ao se referir ao desapego. Nessa pandemia, percebemos que é muito, muito mais importante SER do que TER. Ser saudável, ser …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Líder pós-pandemia

É fato: o mundo que conhecemos ficou para trás, em todos os sentidos. Não existe nada de normal no futuro próximo, mas muito de “novo”. Porém, “novo normal”? Não aguento mais ouvir essa bobagem. …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

O que é etiqueta preventiva?

É a nova etiqueta. E se baseia, como na etiqueta tradicional, nos pilares do bom senso e afetividade, acrescentando um fator essencial nesse momento de delicada transição: a biossegurança. Isso …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Desabafo de madame

Passei grande parte da minha vida justificando o rótulo de “madame”, maldosamente aplicado a minha pessoa desde a faculdade de Jornalismo. Na ocasião, nos anos 1970, em plena abertura da ditadura e …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Para fazer diferença com cliente

Atendimento e fidelização – Hoje, palavras-chave para quem quer se diferenciar, principalmente na atividade de atendimento de alimentos e bebidas delivery –, uma das poucas que se manteve, mesmo …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Lute, se cuide e fique bem!

Vidas não se contabilizam, se preservam! A frase, da senadora Mara Gabrilli, merece reflexão mais profunda: neste momento, vemos um enorme afã em se contar mortes – ou vidas que se apagaram. Ou …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados