search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Novos talentos da música gospel surgem no Estado

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

Novos talentos da música gospel surgem no Estado


As irmãs Isabela e Larissa anunciaram que vão lançar  no próximo mês o clipe da música “Vida Eterna” (Foto: Beto Morais/ AT)
As irmãs Isabela e Larissa anunciaram que vão lançar no próximo mês o clipe da música “Vida Eterna” (Foto: Beto Morais/ AT)

A música gospel tem se consolidado como um gênero cada vez mais popular no Brasil. No Estado, não é diferente e novos talentos têm surgido.

Criadas na igreja, onde começaram a dar os primeiros passos musicais, cantando com apenas 6 anos de idade, as gêmeas Larissa e Isabela Maia sempre tiveram um sonho: gravar um CD.

Aos 10 anos, as irmãs participaram de um concurso de música gospel para jovens, onde cantaram em público pela primeira vez, com a canção “Aos Olhos do Pai”, do Ministério Diante do Trono.

Nascidas em São Paulo e criadas na cidade mineira de Itaú de Minas, elas se mudaram para o Estado em 2010 com o objetivo de, um dia, gravarem um CD. As gêmeas de 22 anos persistiram aprimorando o canto e se apresentando em igrejas locais.

Em agosto do ano passado, elas participaram do Festival Eagle, da Sony Music, e venceram o concurso.

“Foi a maior realização profissional de nossas vidas”, conta Isabela, que estuda Engenharia Civil na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) desde 2015.

Seguindo uma linha pop-folk, com músicas autorais e letras inspiradas na Palavra de Deus, a dupla lançou no mês passado o single intitulado “Vida Eterna”.

“Vamos, inclusive, lançar um clipe desta música, no próximo mês. Foi gravado em uma fazenda de Vila Velha”, relatou Larissa, que passou no vestibular da Ufes em 1º lugar geral, no ano de 2016.

Além das gêmeas, grupos musicais compostos por jovens de várias denominações religiosas também fazem sucesso.

É o caso do Ministério Sintonia, formado por 18 jovens de diversas denominações da Grande Vitória.

Composto por vocal e banda, o ministério já gravou um CD com 13 faixas compostas por renomados compositores, com bases gravadas nos Estados Unidos.

Procura pelo estilo aumenta durante a pandemia

As canções religiosas se tornaram uma forma de consolo para muitas pessoas neste período de quarentena. Com isso, a procura pelo gênero gospel aumentou 40% nas plataformas digitais, durante a pandemia de Covid-19.

Cantores do estilo notaram o aumento na procura por seus canais de YouTube e no streaming musical, como Spotify.

“Quando começou a quarentena, o consumo de música em geral diminuiu, mas depois percebemos um aumento de 40% dentro do segmento gospel”, afirma Larissa Maia, que faz dupla com a irmã Isabela.

“Estamos vivendo um momento em que as pessoas estão buscando se sentir mais fortes, consoláveis e o gospel traz essa mensagem de paz, amor. Nós, cantores, recebemos o feedback da gravadora falando sobre a procura de nossas músicas nas plataformas”, disse Isabela Maia.

Diretora do Ministério Sintonia, grupo musical composto por 18 jovens de várias denominações religiosas, Kelly Cristina de Almeida também percebeu o aumento na procura.

“A gente tem percebido um aumento significativo das pessoas para o tema cristocênico. Elas estão buscando algo diferente do que vinham vivendo antes da pandemia”, observou Kelly Cristina.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados