search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Novembro Azul: evolução no combate ao câncer de próstata
Tribuna Livre

Novembro Azul: evolução no combate ao câncer de próstata

Cláudio Borges é urologista e professor da Ufes. (Foto: Divulgação)
Cláudio Borges é urologista e professor da Ufes. (Foto: Divulgação)
Sociedades de Urologia pelo mundo afora recomendam a realização de exames para detecção precoce do câncer de próstata e, no mês de novembro, nós lembramos a comunidade da importância disso.

A estratégia mais aceita para prevenção é simples: consulta periódica, realização de exame de sangue com dosagem sanguínea do PSA e toque retal da próstata.

O câncer de próstata é o tumor maligno mais frequente em homens (depois do câncer de pele não-melanoma). Antes da disseminação do uso do PSA, na década de 70, a mortalidade por esse tipo de câncer atingia até 50% dos pacientes diagnosticados.

Em outubro de 2011, uma força tarefa do governo americano, amparada em estudos com falhas metodológicas graves, recomendou contra o rastreamento.

Estive presente no congresso americano daquele ano e houve muita agitação contrária a esse posicionamento, da qual destaco a indignação do Dr. William Catalona, considerado uns dos descobridores do PSA.

Como era de se esperar, o resultado dessa força tarefa foi uma rápida elevação das taxas de doença e mortalidade, levando, em 2018, a uma revisão da recomendação anterior e ao retorno do rastreamento.

Atualmente, com a evolução dos métodos diagnósticos, por meio de ressonância magnética multiparamétrica e refinamentos do PSA, conseguimos selecionar melhor os pacientes para realização de biópsia, minimizando complicações e evitando o diagnóstico de doença de baixa agressividade (que pode não necessitar de tratamento imediato).

O rastreamento e a detecção precoce são fundamentais na luta contra o câncer de próstata, portanto homens a partir de 50 anos devem fazer os exames, mesmo sem apresentar sintomas. Quem for de grupo de risco (homens negros ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata) deve começar os exames periódicos antes, a partir dos 45 anos. Após os 75 anos, somente homens com perspectiva de vida maior do que 10 anos devem fazer essa avaliação.

Quando falamos em tratamentos, pacientes com doença de baixo risco têm a opção do seguimento vigilante com exames de PSA, toque retal seriados, ressonância magnética e biópsia, para se averiguar a progressão da doença.

Hoje, os pacientes com doença inicial submetidos a tratamento têm grandes possibilidades de cura. As principais formas de tratamento são a cirurgia e a radioterapia, que deverão ter seus aspectos amplamente discutidos entre o urologista e o paciente, com a escolha do método mais apropriado para o indivíduo.

Entre os tratamentos minimamente invasivos temos a cirurgia robótica, viabilizando uma recuperação mais suave e menos dolorosa ao paciente, menor tempo de internação e menor chance de sangramentos.

A visão magnificada e tridimensional da técnica robótica também permite ao cirurgião identificar estruturas anatômicas importantes, para preservação da função erétil e continência urinária.

Devemos deixar o tabu de lado e sensibilizar nossos entes queridos sobre a importância do rastreamento do câncer de próstata e dos cuidados com a saúde em geral. Cuidem-se!

CLÁUDIO BORGES é urologista e professor da Ufes.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A escola de educação infantil e a pandemia do novo coronavírus

A quarentena e, consequentemente, o isolamento social, afetaram diversos setores, entre eles o educacional, seja a rede pública – município, estado e União – ou privada. Nesse contexto, vimos nossas …


Exclusivo
Tribuna Livre

A pandemia do novo coronavírus, o trânsito e a coletividade

Muito se fala sobre as lições que a pandemia nos trouxe e, de fato, tanta dor, sofrimento e incerteza permitem uma série de reflexões sobre nosso comportamento como indivíduos e como sociedade. …


Exclusivo
Tribuna Livre

A pandemia e a violência contra a mulher no Brasil

Os “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” começa na próxima quarta-feira (dia 25), quando se comemora o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Prioridades para novos gestores vão além de apenas administrar

A disputa eleitoral já passou, portanto, sabemos temos definida parte dos próximos gestores municipais. Como faz parte do jogo democrático alguns ganham e outros perdem, que essa lógica seja …


Exclusivo
Tribuna Livre

No mês da Consciência Negra, Palmares não pode negar Zumbi

Interminável ano de 2020. Nem o maior dos incrédulos, poderia imaginar que depois dos “anos de chumbo”, estaríamos vivenciando tempos tão difíceis. Tentativas, após tentativas, de se desconstruir os …


Exclusivo
Tribuna Livre

Afinal, na tragédia das marquises, de quem é a responsabilidade?

Não raro, acompanhamos pela imprensa a ruptura de edificações. Recentemente foi a vez do rompimento e queda, sobre logradouro público, de uma estrutura próxima a Praça Oito, local onde circulam …


Exclusivo
Tribuna Livre

A Lei Geral de Proteção de Dados e as informações de passageiros

Muito se tem falado sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), sancionada em 2018 pelo então presidente Michel Temer, que passou a vigorar em 18 de setembro deste ano. A lei se pauta nos direitos …


Exclusivo
Tribuna Livre

Espírito Santo entre os estados que mais importam no País

Ao longo dos últimos anos a receita de ICMS advinda da importação de mercadorias através dos portos e aeroporto do Estado vem crescendo e tendo grande relevância para as políticas públicas do …


Exclusivo
Tribuna Livre

A necessidade de prevenção para evitar ataques cibernéticos

Na semana passada o Brasil foi vítima do que tem sido considerado por muitos especialistas como o maior ataque hacker de sua história. Absolutamente todos os dados e documentos do Superior Tribunal …


Exclusivo
Tribuna Livre

Cuidados com os perigosos “projetos verão” para emagrecer

O ano de 2020 foi atípico, passou rápido para a maioria das pessoas e num piscar de olhos nos aproximamos do fim de mais um ano. Junto com as expectativas para 2021, chega o verão e o questionamento: …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados