search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Noronha integrará turma que analisa caso Queiroz
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Noronha integrará turma que analisa caso Queiroz

Os destinos de Fabrício Queiroz e João Otavio de Noronha parecem mesmo estar entrelaçados. Ao deixar a presidência do STJ, em agosto próximo, o ministro fará parte da Quinta Turma do tribunal, ou seja, continuará analisando o caso do ex-assessor de Flávio Bolsonaro e amigo do presidente Jair Bolsonaro.

O habeas corpus de Queiroz é de relatoria do ministro Felix Fischer, mas foi decidido excepcionalmente por Noronha recentemente pelo fato de ele ser o presidente e ter o poder de deliberar em casos urgentes durante o recesso.

Muda? A Quinta Turma do STJ, da qual Fischer também faz parte, é considerada linha dura com os réus. Noronha entrará no lugar do ministro Jorge Mussi. A vaga de Celso de Mello no STF, para qual o atual presidente do STF é cotado, abre em novembro deste ano.

A ver. Nos bastidores do Planalto, é consenso: Noronha ganhou pontos com Bolsonaro. Se não for escolhido na próxima, permanecerá bem posicionado na fila.

Click. O governador de São Paulo, João Doria, publicou foto com a mulher, Bia, em redes sociais no domingo: “Quem tem família tem tudo”, escreveu.

O mundo... Gilmar Mendes e os advogados do chamado campo progressista do direito, muitos próximos ao PT, se reconciliaram publicamente. Em live do Prerrogativas no sábado passado, integrantes do grupo reconheceram as “posições corajosas e contra majoritárias” do ministro no Supremo.

...gira. De seu lado, Gilmar Mendes acusou o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de corporativismo e criticou Deltan Dallagnol, música para os ouvidos dos advogados. Num passado recente, Gilmar foi duramente criticado pela esquerda durante o longo inferno astral de Dilma Rousseff.

Mais do que... Por que o governo não consegue trocar Ernesto Araújo do Itamaraty agora? O maior temor, segundo palacianos, é de passar a mensagem de que estão abandonado o barco de Donald Trump. É sabido e notório o tanto que o chanceler é chegado aos americanos.

...amigos. Diplomatas explicam: Araújo apostou as fichas na gestão de Trump nos EUA. Se ele não for reeleito, vai ser muito difícil permanecer no cargo. Por outro lado, antecipar essa derrota e tentar mudar o rumo da política externa agora poderia irritar os americanos.

Tô… O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), ficou duas semanas de home office quando adoeceu por covid-19. Seus sintomas eram cansaço, dor nos olhos e falta de ar. O tratamento foi feito com azitromicina.

…fora. Barbalho lamenta a politização em torno dos medicamentos de combate à covid-19 no País: “No Brasil, a direita quer 'black friday' e a esquerda quer 'lockdown'”.

Receita. Sobre Jair Bolsonaro ter se tornado uma espécie de “garoto propaganda” da cloroquina, o governador disse que o “assunto é para os profissionais da medicina tratarem com seus pacientes”.

Como foi. No Pará, Barbalho diz ter garantido aos profissionais de saúde acesso à hidroxicloroquina, azitromicina e a todos os medicamentos possíveis para tratamento da covid-19. A palavra final é dos médicos, afirma ele.

Somar. Izabela Patriota, doutoranda em direito econômico pela USP, mestre pela UnB, é a nova diretora de políticas públicas do movimento Livres.

Pronto, falei!

Onde já se viu perdoar alguém que nunca pediu perdão? Reconhece que assaltou o Brasil com o mensalão e o petrolão, pede perdão ao País, PT.”

Alexis Fonteyne, deputado federal (Novo-SP)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Lava a Jato comemora apoio de Flávio a Aras

A Lava a Jato de Curitiba comemorou em privado o apoio hipotecado em público por Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) a Augusto Aras, considerado hoje o inimigo número um da temida força-tarefa. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Auxílio dá fôlego a “bolsonaristas” no Nordeste

Embora diga que não apoiará ativamente nenhum candidato nas eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro caminha para contar com uma rede de apoio no Nordeste, região onde ele foi menos votado em …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Decisão de Fachin ajuda Dallagnol no CNMP

Um dos efeitos da decisão de Edson Fachin de interromper o compartilhamento de dados das forças-tarefa com a Procuradoria-Geral da República deve ser o de enfraquecer, no CNMP (Conselho Nacional do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Muda Senado encampa defesa da Lava a Jato

Principal apoio político da Lava a Jato, o grupo Muda Senado quer intensificar a reação aos ataques que o procurador-geral da República, Augusto Aras, tem desferido contra a operação. Os senadores …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O mapa da guerra contra Dallagnol no CNMP

Os conselheiros críticos ao “lavajatismo” no CNMP trabalham contra o relógio nas próximas três semanas para garantir apoios suficientes pela remoção de Deltan Dallagnol da força-tarefa da Lava a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Dados preliminares são água fria para Mourão

Dados preliminares sobre focos de incêndio na Amazônia em julho devem deixar o governo federal em situação ainda mais desfavorável diante da pressão pela preservação do meio ambiente. Até …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Mourão preocupado com “teto” na Amazônia

Pressionado a apresentar resultados para o meio ambiente, Hamilton Mourão busca alternativas para destravar o uso do Fundo Amazônia. Uma vez resolvida a questão da governança (novas regras para a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

China vê “politização” de relações comerciais

Em meio ao que especialistas estão chamando de nova “guerra fria”, o porta-voz da embaixada da China no Brasil, Qu Yuhui, alerta para uma “politização”, promovida pelos EUA, de temas comerciais entre …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Congresso deixa de lado poder de fiscalização

A prerrogativa de fiscalizar foi deixada de lado pelo Congresso neste ano. Dos 87 requerimentos de convocação de autoridades do Executivo, apenas um foi aprovado pelo Senado. Somente na Câmara, foram …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Reforma mantém MDB na órbita governista

A saída do MDB do Centrão foi mais um passo da sigla em busca de reposicionar sua imagem e fincar bandeira no meio-campo do atual jogo político-partidário brasileiro, comandado por Jair Bolsonaro …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados