search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

"Não posso pagar para ver", diz Casagrande sobre fim de isolamento

Notícias

Coronavírus

"Não posso pagar para ver", diz Casagrande sobre fim de isolamento


"Não posso pagar para ver." É assim que o governador Renato Casagrande reage à posição do presidente da República, Jair Bolsonaro, que durante pronunciamento na noite de terça-feira (24) defendeu a reabertura do comércio e volta às aulas nas escolas durante a crise da pandemia do coronavírus. 

"Eu gostaria muito de ter a certeza que o presidente está certo. Mas como gestor, eu não posso pagar para ver. Eu preciso cuidar que a gente tome medidas e, depois, sim, ir fazendo flexibilização", disse ele durante transmissão ao vivo realizada na manhã desta quarta-feira (25).

Ainda segundo Casagrande, a possibilidade de um isolamento vertical, aquele que compreende apenas pessoas no grupo de risco, ainda será avaliado.

"(Isso) depende dos dados. Vamos ter muitos dados essa semana. Vamos ver o resultado do isolamento que está sendo feito.  Na semana que vem, vamos fazer uma análise e tomar uma decisão", disse ele. 

Casagrande se reuniu com os diretores regionais de Aeroportos (Foto: Ademir Ribeiro/Secom)
Casagrande se reuniu com os diretores regionais de Aeroportos (Foto: Ademir Ribeiro/Secom)

Também durante a entrevista, Casagrande afirmou que “menosprezar os efeitos da pandemia pode dificultar a retomada econômica”. Essa foi mais uma referência ao pronunciamento de Bolsonaro de terça.

Durante o pronunciamento, Jair Bolsonaro pediu para prefeitos e governadores "abandonarem o conceito de terra arrasada", que, para ele, inclui o fechamento do comércio "e o confinamento em massa". "O grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos. Então, por que fechar escolas? Raros são os casos fatais de pessoas sãs com menos de 40 anos."

Já nesta quinta, Bolsonaro pediu a adoção do que chamou de "isolamento vertical", ou seja, somente para idosos e portadores de comorbidades.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados