search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mulher se joga de carro após motorista fugir da polícia

Notícias

Polícia

Mulher se joga de carro após motorista fugir da polícia


Veículo foi encaminhado ao pátio por apresentar irregularidades administrativas (Foto: Polícia Rodoviária Federal (PRF))
Veículo foi encaminhado ao pátio por apresentar irregularidades administrativas (Foto: Polícia Rodoviária Federal (PRF))

Uma mulher se jogou de um veículo em movimento após o motorista fugir de uma abordagem da  Polícia Rodoviária Federal realizada na BR 262, na altura do KM 3, em Cariacica por volta das 23h da última segunda-feira (13).

O homem dirigia um Fiat/Siena com placas de São Paulo e se recusou a obedecer ordem de parada dada pela equipe da PRF, empreendendo fuga em alta velocidade por bairros de Vila Velha e Vitória, no Espírito Santo. Os policiais ainda encontraram um cigarro de maconha no carro.

Após fugir no sentido crescente da rodovia, avançar semáforos e desrespeitar faixas de pedestre, ele seguiu em direção ao bairro São Torquato, em Vila Velha, onde acessou as Cinco Pontes em direção ao Centro de Vitória.

Nas proximidades do Porto de Vitória, uma passageira se jogou do veículo em movimento e o condutor prosseguiu com a fuga. O veículo só parou após passar em cima de um meio fio no bairro Praia do Suá, instante em que o pneu traseiro direito estourou e o carro rodou.

A passageira que se jogou do veículo num primeiro momento foi assistida por policiais militares e, após os primeiros atendimentos, encaminhada pela equipe da PRF para atendimento médico no Hospital Estadual de Urgência e Emergência. Ela compareceu posteriormente ao DPJ de Cobilândia onde prestou esclarecimentos na condição de testemunha.

Em revista ao interior do veículo foi encontrado um cigarro de maconha. O motorista, que apresentava sinais de embriaguez, tentou, novamente, resistir às ordens policiais, mas foi contido e imobilizado. Ele se recusou a fazer o teste de alcoolemia.

Após consultas aos sistemas, constatou-se que sua CNH estava cassada, com término da penalidade prevista para a data de 06/10/2020, estando, portanto, vigente. Ele foi encaminhado ao Departamento de Polícia Judiciária de Cobilândia/ES. O veículo, por apresentar irregularidades administrativas, foi encaminhado ao pátio.

 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados