search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Motoristas de van escolar terão acesso a crédito emergencial

Notícias

Publicidade | Anuncie

Economia

Motoristas de van escolar terão acesso a crédito emergencial


Profissionais autônomos como os do transporte escolar, que tiveram as atividades paralisadas com a suspensão das aulas presenciais no Estado desde março, agora terão acesso a crédito emergencial ofertado pelo governo, com limite de R$ 5 mil e sem a cobrança de juros.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, motoristas de transporte escolar estão com  as suas atividades paralisadas desde março, quando ocorreu a suspensão das aulas presenciais no Estado (Foto: Divulgação)
Por conta da pandemia do novo coronavírus, motoristas de transporte escolar estão com as suas atividades paralisadas desde março, quando ocorreu a suspensão das aulas presenciais no Estado (Foto: Divulgação)
O microcrédito emergencial Covid-19 é ofertado com garantia do Fundo de Aval do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e operado pela Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).

Para contratar o crédito de até R$ 5 mil, é preciso ser profissional autônomo cadastrado no órgão municipal competente, contribuinte individual da Previdência ou microempreendedor individual (MEI), com receita de até R$ 81 mil ao ano.

O pagamento pode ser feito em até 24 parcelas, com carência de seis meses para começar a pagar, e não são cobrados juros.

Para ter acesso ao crédito, é necessário não ter restrições no CPF, além de abrir uma conta gratuita no Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), que faz o repasse do valor. Não é requerido avalista, e a solicitação pode ser feita pela internet.

Segundo o diretor da Aderes, Alberto Gavini, a agência já intermediou 2.700 empréstimos da linha emergencial, um total de quase R$ 10 milhões.

“Foi feita uma alteração no Fundo de Aval do Bandes para incluir autônomos, motoristas de aplicativos, contribuintes individuais, entre outros. Estamos analisando outras 17 mil solicitações”, disse.

O deputado estadual Bruno Lamas diz ter sido o articulador junto ao governo para incluir motoristas do transporte escolar nas categorias aptas a contratar o crédito.

“Eles vêm pleiteando ajuda há muito tempo. É mais um setor da economia lutando para sobreviver. Recebi vários contatos da categoria e levei o pleito até o governo do Estado”, disse o deputado.

Atuante no setor há mais de 10 anos na Serra, Anderson Silva de Oliveira foi um dos motoristas a levar a solicitação ao governo estadual e afirmou que o crédito vai ajudar muitos profissionais que estão sem fonte de renda.

“A categoria está sofrida, muita gente está passando necessidade. Organizamos alguma ajuda, com cestas básicas, por exemplo, mas há pessoas que já não conseguem pagar o financiamento da van, e o banco vai tomar. O crédito vai dar uma aliviada na situação”.


Saiba mais


Crédito
>
A Linha de Microcrédito Emergencial Covid-19 (Juro Zero) é operada pela Aderes, com gestão e pagamento do Banestes.

> Valor: até R$ 5 mil, com taxa de juros 0% e em até 24 parcelas, com seis meses para começar a pagar.

> Quem pode contratar: Microempreendedores individuais (MEIs), autônomos cadastrados no órgão municipal competente ou que sejam contribuintes individuais da Previdência Social, agricultores familiares, pescadores artesanais, entre outras categorias, com faturamento de até R$ 81 mil ao ano.

Requisitos
>
Não ter restrições no CPF (SPC e Serasa), enquadrar-se nas categorias requeridas e abrir uma conta sem custo no Banestes para receber o crédito.

Solicitação
>
Pode ser feita pelo site da Aderes, www.aderes.es.gov.br. A solicitação será avaliada pela Aderes e pelo Banestes.

> O agente de crédito entrará em contato com o solicitante para realizar a avaliação.

Fonte: Aderes.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados