search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Motivos para agradecer
Claudia Matarazzo
Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo


Motivos para agradecer

Não sou eu quem diz, mas a Ciência: gratidão faz bem. Como sempre, em todo início de ano ou de novo ciclo fazemos uma espécie de balanço do que foi bom e o que foi ruim – e 2019 foi um ano especialmente cheio de manchetes alarmantes, além de declarações e vazamentos idem.

De modo que vale refletir sobre isso: vamos segurar a paixão pela política e o gosto por polarizar – que parecem ter contagiado a Nação – e focar no que pode nos beneficiar de fato: agradecer e cultivar bênçãos.

Não é papo zen. Embora desconfie de quem ri à toa, acho infinitamente pior aquelas pessoas para quem nada está bom. Nunca.

Para parecerem inteligentes, elas desconstroem tudo: Fernanda Montenegro é péssima atriz, Grazi Mazzafera está magra demais, Vera Fischer é feia, e por aí vai... Conheço váaaaarias assim.
Naturalmente, além de serem pessoas solitárias – pois ninguém aguenta muito tempo tanta amargura –, são infelizes.

Depoimento pessoal. Há cerca de dois anos, estava passando um momento pra lá de difícil, cheio de mágoa e desesperança.

Em um dia de especial agonia, recebi de uma amiga médica (e nada afeita a fantasias) um texto sobre gratidão que me convenceu a executar uma espécie de lição de casa: anotar ao final do dia, pelo menos, três motivos por estar grata.

Pequenas alegrias do cotidiano, nada de grandioso. E, claro também as grandes – por que não?
Com nada a perder (e como mantenho um imenso caderno na mesa de cabeceira para anotar ideias e pautas), comecei a fazer isso – mais para ver no que dava.

Ora, uma vez iniciada a lista, mais de uma vez, as bênçãos eram muito mais de três, ou cinco ou ...
Apenas o fato de pensar sobre elas me deixava mais alentada, organizava os sentimentos e acalmava a aflição.

Ao final de um mês, a tarefa terminava – e a orientação é que se lesse todo o conteúdo compilado.
Foi o que fiz com grande prazer, pois, àquela altura, percebi que minha imensa agonia estava a caminho do fim – e o que restava dela fugia diante daquela leitura cheia de genuíno agradecimento.

Pois recomendo que comece seu ano agradecendo. Você certamente tem, pelo menos, um motivo para isso. Principalmente, reflita sobre ele (ou eles). Pense em como cultivar, aumentar e tornar perene essa graça.

Desvie o pensamento de tudo o que possa te puxar para baixo, pois a Ciência e também a Dirce, minha amiga médica, estão aí para mostrar e provar que a gratidão tem alguns efeitos extremamente desejáveis:

Fortalece a imunidade – É isso aí. O sentimento acaba diminuindo a pressão arterial, acalma e melhora o sono.

Disposição ao acordar – Senti isso, e nunca mais fiquei prostrada como acontecia.

Há dias melhores e piores com mais ou menos preguiça, mas a energia e a vitalidade aumentam de verdade.

Com isso, nossas emoções parecem mais brilhantes, coloridas, intensas e... positivas, claro.

Otimismo e felicidade – Não é mágica, claro, mas a sensação de alegria e prazer acabam por melhorar o nosso desempenho social e profissional, encerrando, assim, um círculo virtuoso que nos traz outros e inesperados benefícios.

Garanto que é infinitamente melhor do que fazer listas de tarefas e projetos que vamos adiando ano a ano com essa ou aquela desculpa. Acredite, eles acontecem com muito mais facilidade no momento certo, quando estamos imbuídos de gratidão e boas vibes. E viva 2020 !!

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Claudia Matarazzo

O bom convidado

Convidado para um jantar entre amigos, será que tudo o que você tem a fazer é aparecer e comer? Não mesmo. Ora, preparar um jantar é um trabalho árduo. Seu anfitrião pode ter tirado todo o dia de …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Amigos e conhecidos: mais importantes do que se imagina!

Trabalho e família. É comum colocar neles todo o peso do nosso bem-estar, assim como todas as nossas expectativas. Agora, nos aproximando do terceiro mês do ano, este é um bom momento para refletir …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Cavalheirismo, um poderoso afrodisíaco

Se existe algo de que as mulheres sentem falta atualmente é do bom e velho cavalheirismo.  É que, com a emancipação feminina e a igualdade dos sexos, muitos homens pensaram que esse atributo …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Corajosa Regina (sim, a Duarte)

Para não dizer que não falei de Regina, esperei a poeira baixar, o sim se concretizar e as malcriações aparecerem. Porque eram inevitáveis. Vamos combinar: figura pública, namoradinha do Brasil, há …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Quanto tempo devemos ficar em uma visita?

Boa pergunta! Veio de uma seguidora do Instagram, preocupada em não incomodar a amiga. A resposta, como tudo na vida, depende de uma série de fatores. E como visitas ao vivo estão cada vez mais …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Bom momento para ressignificar

O começo de um novo ano merece sempre uma reflexão. Lido com palavras, gosto de pensar que nossas ações/conceitos acompanhem o seu significado, na medida do possível, ao pé da letra. Mas percebo que …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Não é amor. É força mesmo!

Estão me cobrando um comentário sobre a deserção do casal Harry e Meghan da Corte inglesa – e da Inglaterra –, perpetrando seu próprio Brexit. Andei ouvindo as opiniões nesta ou naquela roda de …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Gravidez precoce

A virgindade é a única arma da mulher!”. Cresci ouvindo essa frase de minha mãe. Essa era sua ideia de educação sexual. Parecida com a da ministra Damares. Nós, os filhos – três mulheres e um varão …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Você sabe o que é fandom?

Se não sabe nem esquente porque eu também não sabia. Mas, como todo mundo que gosta de se comunicar, ao saber que era recomendado criar e usar fandoms para aumentar o alcance de meu trabalho nas …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Como dar festa ao ar livre

Se você tem um quintal, uma varanda ou uma piscina, poderá desfrutar de um pouco de ar fresco e de um amplo espaço aberto enquanto relaxa e conversa com seus convidados. Faça uma lista - Inclua …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados