search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Morte de jovens cresce e já é cerca de metade das vítimas de Covid no Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Morte de jovens cresce e já é cerca de metade das vítimas de Covid no Estado


Em meio à terceira onda da covid, o Espírito Santo registrou alta no índice de mortes entre os jovens com idade entre 18 e 29 anos, causadas por complicações da doença. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, divulgados em coletiva de imprensa desta segunda-feira (19), os jovens representaram 43,24% das mortes registradas entre 1º de fevereiro e 18 de abril deste ano.

Quando analisada a mesma faixa etária entre 1º de outubro de 2020 a 28 de fevereiro deste ano, o índice de óbito deste público era de 25%.

Os dados foram apresentados pelo secretário Nésio Fernandes, reforçando a tese que a terceira onda e as novas variantes da doença provocaram uma elevação considerável no número de óbitos. A vacinação dos idosos, por sua vez, fez cair o índice de mortes das pessoas com mais de 80 anos, que já tomaram a segunda dose desde meados de março.

Nésio Fernandes apresentou ainda os dados referentes aos óbitos de pessoas com idade entre 30 e 49 anos: entre 1º de outubro e 28 de fevereiro, o índice era de 25,53%. Já no período entre 1º de fevereiro e 18 de abril, o índice de óbitos cresceu, mas é menor que a faixa etária 18-29: 35,37%.

"Isso mostra que os jovens precisam continuar seguindo as medidas de restrição social e não se exponham ao risco. O momento não é adequado e exige medidas mais duras e rígidas para preservar a interação social. Temos uma doença que se comporta com mortalidade maior na população jovem", analisou Nésio Fernandes.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados