search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Moradores de Iconha lamentam perdas e destruição causada pela chuva

Notícias

Cidades

Moradores de Iconha lamentam perdas e destruição causada pela chuva


A enxurrada que atingiu o município de Iconha, na região Serrana do Estado, deixou pelo menos 14 pessoas desabrigadas e três mortas, de acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual. Os moradores lamentaram as perdas e acreditam que a reconstrução será difícil.

As caixas de uma lotérica não sabem se terão emprego. (Foto: Alexandre Damazio)
As caixas de uma lotérica não sabem se terão emprego. (Foto: Alexandre Damazio)

As caixas que trabalhavam em uma lotérica, Juliana Bitencourt, 23 e Lorrayne Araújo, 22, temem pelo emprego.

“Não sabemos se teremos emprego mais. A loja acabou. Máquinas, computadores, tudo foi embora. Não dá ânimo nem de entrar lá para limpar. Pior é que não temos mais renda em casa. O que eu ganho ali era para sustentar a família. O dono também apostou as economias ali para sobreviver. Muito triste o que aconteceu em nossa cidade. Só Deus para nos ajudar numa hora tão triste. Ver sonhos destruídos, vidas levadas pela água”.

A dona de um restaurante Lausimar Pinto, de 56 anos, disse que perdeu tudo o que construiu em 30 anos de trabalho.

“Perdi tudo o que construí em 30 anos de trabalho duro. A água levou tudo, mais de 25 quilos de carne que estavam no freezer, estoques de alimentos e água. Encontrei remédios dentro das geladeiras, tamanha a força da água. Tem um caminhão parado na porta, ele foi arrastado pela força da água. Um caminhão inteiro. Imagina a força dessa água. É um milagre estarmos vivos para contar essa tragédia", lamentou.

Família de Anchieta foi surpreendida pela chuva. (Foto: Alexandre Damazio)
Família de Anchieta foi surpreendida pela chuva. (Foto: Alexandre Damazio)

A chuva também pegou de surpresa quem visitava a cidade, como a família de Bianca, 22, Zuleima, 75 e Maria Helena Zucoloto, 65, que são de Anchieta e estavam em um retiro de oração no Centro de Iconha.

“A chuva parecia que ia levar as paredes. Uma coisa terrível. Nos abraçamos em oração pedindo a Deus para nos proteger. Só agora pela manhã conseguimos sair da igreja e ter noção do estrago e de como somos abençoadas por não ter acontecido nada. Se estivessemos na rua, poderia ter acontecido o pior".
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados