search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Monja Coen defende “ponto de virada” em tempos de pandemia

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Para Ler

Monja Coen defende “ponto de virada” em tempos de pandemia


Com a proposta de convidar o leitor a refletir com serenidade sobre o atual momento dramático da humanidade, Monja Coen lança o livro “Ponto de Virada”. Nele, a escritora e líder espiritual exalta o desapego como uma das ferramentas para lidar com as dificuldades.

A autora dos best-sellers “A Sabedoria da Transformação e “108 Contos e Parábolas Orientais” aborda a importância de aproveitar momentos duros, como a pandemia e o isolamento social, para realizar transformações decisivas e positivas na vida.

Para a zen-budista, existem inúmeros momentos em que se pode ter um ponto de virada na vida. E é preciso estar atento a isso.

“Nós temos que estar inteiramente presentes onde estamos. Temos tanto uma nostalgia do que foi e uma ansiedade do que será e não apreciamos nossa vida quando está acontecendo. Hoje as pessoas reclamam que não conseguem respirar usando máscara. Pior é quando tem que ser entubado. Agradeça quando estiver só com máscara”, explicou em uma entrevista.

Monja Coen está lançando o livro “Ponto de Virada: O Que Faz Uma Pessoa Mudar?”. (Foto: Divulgação)
Monja Coen está lançando o livro “Ponto de Virada: O Que Faz Uma Pessoa Mudar?”. (Foto: Divulgação)

Segundo Monja Coen, há uma necessidade de se libertar das angústias, ansiedades e das nostalgias e aprender a viver o momento presente. Dessa forma, será mais fácil e possível encontrar o equilíbrio emocional em meio ao caos.

“Nenhum de nós esperava que a pandemia acontecesse. E, quando aconteceu, a única coisa que pude escrever foi sobre o que está acontecendo conosco. E como nós apreciamos até mesmo o horror que é a pandemia. Nós a atravessamos e ela nos atravessa. Esse horror que nos corta por dentro, com as dores, doenças, falta de remédio e vacina. É um desespero. E como encontramos um estado de equilibrio? É possível. Nós, humanos, somos capazes de encontrar o equilíbrio mesmo no desequilíbrio”, diz.

De acordo com o historiador e escritor Leandro Karnal, a obra é uma luz no meio da quarentena.

Serviço

“Ponto de Virada: O Que Faz Uma Pessoa Mudar?”
Autor: Monja Coen
Páginas: 160
Editora: Academia
Preço: R$ 39,90

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados