search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Minhas impressões
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Minhas impressões

A vitória do Internacional de Abel Braga sobre o Goiás, por 1 a 0, foi a quinta consecutiva de um time que não já perde há sete rodadas. E o empate em 0 a 0 do Grêmio de Renato Gaúcho com o Fortaleza, no Castelão, foi o 14° jogo sem derrota, mesmo às voltas com as finais da Copa do Brasil. O Inter é o segundo colocado da Série A com 53 pontos, e o Grêmio é o quinto, com 49 e um jogo a menos.

Ou seja: as derrotas de São Paulo e de Flamengo nas duas últimas rodadas recolocaram os gaúchos no páreo, disputa em que também se encontram Atlético/MG, que tem 49 pontos e joga hoje, e Palmeiras, com 47 e dois jogos a menos. Não há, neste rali, quem se sobressaia.

As altas temperaturas afetam a todos (algo que já previsto), e a diferença de pontos entre eles não confere favoritismo porque haverá confrontos diretos.

Flamengo 0 x 2 Ceará
Lembram quando escrevi que o maior desafio de Rogério Ceni estaria na escolha dos jogadores em meio a um elenco recheado de craques — alguns deles personagens de um ano acima das

Expectativas?
Foi em sua chegada ao Flamengo, quando se esperava que o jovem treinador pudesse devolver ao time multicampeão em 2019 um pouco do frescor e do virtuosismo perdidos na passagem de bastão de Jorge Jesus para Domènec Torrent.

Pois as escolhas não têm sido das mais felizes. E pior tem sido o desempenho do time. A derrota no Maracanã, a segunda seguida e a quarta em 12 jogos sob o comando de Ceni, mostrou uns jogadores enfadados, outros, aparentemente relaxados, e um coletivo “animicamente” derrubado.

E a barração de Gabriel Barbosa parece ser a chave que abre a porta dos bastidores que nos mostraria a razão deste mau momento.

Vasco 3 x 0 Botafogo
O segundo gol do clássico, com a bola saindo de Bruno Gomes e passando por Caio Lopes e Talles Magno antes de Cano rolar para o chute certeiro de Andrey, é a senha que Vanderlei trouxe no bolso para mostrar aos “politiqueiros” de São Januário que o Vasco não precisa iludir sua torcida com a contratação de ex-jogadores em atividade pelo mundo.

Basta olhar para o que produz nas divisões de base e deixar que alguém com experiência e comando saiba fazê-los evoluir e amadurecer.

Algo que o Botafogo deveria ter feito quando Paulo Autuori se dispôs a renovar a mentalidade do futebol alvinegro. A vitória vascaína não livra o clube do rebaixamento, mas fortalece as ideias de Vanderlei. Quanto ao Botafogo, resta seguir na luta, em busca de uma vitória que renove a confiança...

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas Impressões...

A temporada de 2020 ainda não terminou para Grêmio e Palmeiras que ontem fizeram a primeira das duas partidas que apontarão o campeão da Copa do Brasil. Mas a temporada 2021 já começou em vários …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O comando...

Rogério Ceni ficará no Flamengo para mais uma temporada de vitórias. E não sei porque ainda levantam suspeitas sobre seu futuro no clube. Afinal, antes mesmo da conquista do bicampeonato …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Octa danado

A conquista do oitavo título Brasileiro do Flamengo não deve ser analisada de forma isolada, com base no desempenho do time na derrota de 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi. Tampouco com o rali …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Fica a dica

Levou pouco mais de 20 anos para a CBF, criada em 1980, assumir, em definitivo, que o futebol brasileiro devesse ter um campeonato nacional por pontos corridos, reunindo apenas 20 clubes e procurando …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões...

É plenamente compreensível a euforia dos torcedores do Flamengo com a vitória que coloca o time na liderança da Série A do Brasileiro a uma rodada do término. O oitavo título depende de uma …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

DNA de vencedor...

O saldo do Flamengo é dos mais positivos – à altura do elenco montado com o investimento inicial superior a R$ 200 milhões. E essa balança favorável entre expectativa e realidade é o que faz do time …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Sem saída...

Dissidências políticas, conluios para o esvaziamento da diretoria administrativa, discussão sobre o processo eleitoral, torcedores se enfrentando nas redes sociais na defesa dos cartolas de estimação…


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Aspirante tricolor...

A campanha do Fluminense no Brasileirão, disputando com São Paulo e Atlético/MG uma vaga no G-4, consolida a filosofia do seu departamento de futebol, que sofreu com os impactos financeiros trazidos …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões...

Faz tempo que alerto aqui para a necessidade de a CBF “ajustar” os parâmetros no relacionamento entre árbitros e clubes para, no mínimo, mitigar os possíveis problemas (perfeitamente compreensíveis) …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Concentração e reza forte...

O Flamengo foi o único dos 20 clubes da Série A que somou dez pontos nas últimas quatro rodadas do Brasileiro. E essa arrancada iniciada com a maratona de jogos fora do Rio de Janeiro indica que …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados