search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Minhas impressões
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Minhas impressões

O o enredo visto no Rio se repete em São Paulo e em Minas, no Sul do país e no Nordeste: bola rolando fora de hora, times com baixa competitividade e jogos pouco atrativos.

Como já andei escrevendo pelas redes sociais, a diferença é que paulistas, mineiros e gaúchos (sobretudo estes) parecem encarar a retomada como construção de lastro para o Brasileiro que começa em 13 dias. Ou seja, para eles, o Estadual que está em jogo é pano de fundo...

É obrigatório voltar a um tema até hoje sem explicação convincente: a quem interessou o precipitado reinício do Carioca, com clubes indo a campo com dez dias de treinos após três meses de paralisação? Qual era a necessidade de jogar seis rodadas em 18 dias, com média de uma partida a cada três? O que ganharam os que disputarão a Série A? Botafogo e Vasco estarão sem competir há mais de 30 dias, Flamengo e Fluminense há mais de 20. Havia necessidade?

No fim de semana, apenas alvinegros e tricolores voltaram a campo. Se enfrentaram no primeiro de dois amistosos entre eles que valerão o Taça Gérson, o “Canhotinha do Tri” e Didi o Mestre, ex-jogadores dos dois clubes. É um jeito de dar competitividade a times que buscam a melhor formação e o sistema mais adequado. Vascaínos e rubro-negros folgaram.

Enquanto isso, os rivais da Série A, que treinaram por mais de duas semanas antes de voltar ao campo, mediam forças em jogos oficiais.

Com exceção do Flamengo, que tem um elenco forte e com padrão de jogo definido, não há outro time no Rio que esteja testado e aprovado para a abertura do Brasileiro. No amistoso vencido pelo Fluminense (1 a 0), Odair Hellmann e Paulo Autuori viram o tanto que ainda falta para seus times encararem desafios mais difíceis.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O Atlético/MG de Sampaoli e o Atlético/GO de Vagner Mancini fizeram o melhor jogo desta 10ª rodada do Brasileirão, em Goiânia. Um 4 a 3 franco, bem disputado e otimamente arbitrado pela paranaense …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A luta por Domènec...

A entrevista do vice de futebol Marcos Braz, ontem, em Guayaquil, ratificou a informação publicada neste espaço: a cúpula rubro-negra entende que o ano atípico exige cautela na avaliação do trabalho …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Lá vem o Tite

A convocação da Seleção Brasileira para os dois primeiros jogos das eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, nos dias 9 e 13 de outubro, contra Bolívia e Peru, trará um novo desconforto para Domènec …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Crédito até outubro

A eliminação do Benfica de Jorge Jesus com a derrota para o PAOK da Grécia na fase classificatória a fase de grupos da Champions League acendeu em alguns rubro-negros a chama da esperança do retorno …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões...

Com menos de um terço de disputa das rodadas do Brasileirão é nítida a preocupação com o desgaste dos jogadores. Poupar este ou aquele já não é ideia de um ou outro técnico — é o que eu prefiro, por …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Patrimônio afetivo...

Em tempos de pandemia, com a depressão invadindo as residências do mundo inteiro, em especial as de um Brasil desesperançado, a memória afetiva tem sido importante aliada na manutenção do pensamento …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A marcha lenta...

Das cinco partidas sem vitória no Brasileirão, em três o Botafogo esteve perto dos três pontos. No empate em 1 a 1 com o Flamengo, dois deles escaparam por segundos. No 2 a 2 com o Corinthians, mais …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A má escolha...

Tenho curiosidade em saber os valores do empréstimo dos direitos federativos de Piris da Motta, de 24 anos, do Flamengo para o Gençlerbirligi, da Turquia. Porque o paraguaio contratado em julho de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A longevidade de Nenê

Nenê volta ao Morumbi hoje à tarde para enfrentar o São Paulo de onde saiu no ano passado, já aos 38 anos, como se fosse o estorvo que travava o time. Chegou ao Fluminense em junho sob a desconfiança …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O exorcista

Dentre as virtudes que o Vasco tem demonstrado me chama atenção o fato de o time não se omitir em jogos fora do Rio de Janeiro. Pelo contrário, até: talvez tenha feito contra Ceará (3 a 0), Goiás (2 …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados