search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Menina de 14 anos segue passos do pai no MMA

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Menina de 14 anos segue passos do pai no MMA


Brenda Games tem como maior sonho conquistar um cinturão no UFC (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
Brenda Games tem como maior sonho conquistar um cinturão no UFC (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

“Filha de casca-grossa, casca-grossinha é”. Esse tem sido o lema na casa do lutador capixaba Paulo “Zé Doido” Machado, um dos principais lutadores do Estado e reconhecido em todo o País. Ele viu recentemente a filha Brenda Games, de 14 anos, fazer sua estreia no MMA com vitória.

Seguindo os passos do pai, a jovem debutou nos octógonos em dezembro do ano passado, com uma vitória por finalização contra Cecilia Pereira, também de 14 anos, atleta da academia Paraná Vale Tudo, a mesma da ex-campeã peso-palha do UFC Jéssica Bate-Estaca e das capixabas Jéssica Delbone e Karol Rosa.

O combate fez parte como luta preliminar da Arena Global MMA 9, no Rio de Janeiro. “A ideia no começo era ela começar a lutar depois dos 16 anos, mas ela pedia muito para lutar, treinava bastante, então assim que ela fez 14 anos, arranjamos a luta para ela contra uma adversária da mesma idade”, explica Zé Doido.

Natural de Cachoeiro de Itapemirim, Zé Doido, que chegou a ser jogador de futebol do time do Estrela, é um dos maiores nomes da modalidade no Estado, aos 33 anos, com um cartel de 15 vitórias e 12 derrotas em 11 anos como lutador profissional de MMA.

Porém, acostumado a encarar rivais duros em toda a sua carreira, o lutador revela que a experiência de ver a filha lutando foi muito mais difícil do que qualquer uma de suas lutas. “A gente fica ali do lado, vibra junto, mas também sofre. Sabemos do talento dela, mas é bem complicado ficar do lado de fora”.

E ela não foge do peso e expectativa de ser filha de um lutador de renome. “É uma responsabilidade grande porque meu pai é conhecido no mundo das lutas, mas podem acreditar esse é o começo da minha jornada estou com sede de vitórias e quero muito mais”, diz ela, que traça metas ambiciosas.

“Meu objetivo é conquistar o cinturão do UFC, mas até lá eu vou ficar trabalhando minhas habilidades para ser uma atleta de MMA profissional e lutar nos grandes eventos”, projeta a capixaba, que lutou na categoria de até 48 quilos.

Família de lutadores e mudança para o Rio

Brenda comemora ao lado do pai, de bermuda preta com amarelo (Foto: Reprodução/Acervo Pessoal)
Brenda comemora ao lado do pai, de bermuda preta com amarelo (Foto: Reprodução/Acervo Pessoal)

Uma das provas de que Brendinha está no caminho certo rumo ao sucesso nas octógonos está no fato dela e de sua família treinarem na famosa academia Team Nova União, equipe comandada pelo técnico Dedé Pederneiras e que tem como lutadores nomes como José Aldo e Renan Barão.

A oportunidade de Paulo Zé Doido treinar no meio das feras do MMA mundial veio por meio de um convite feito pelo próprio Pederneiras, para que o capixaba se mudasse para o Rio, há dois anos.

“Após minha última luta no Shooto Brasil, recebi o convite do mestre Dedé para me mudar para o Rio e treinar na Nova União. Primeiro fui sozinho e voltava para o Espírito Santo a cada 15 dias. Depois me estruturei no Rio e consegui levar toda a minha família”.

Além de Zé Doido e Brenda, também praticam artes marciais a mulher Maria Mendes e os dois filhos menores, Arthur Philip, de 8 anos, e Stephanie, 11. Enquanto os dois filhos mais novos ainda estão nas aulas de jiu-jitsu, judô e muay thai, Brendinha é a primeira a se aventurar no mundo do MMA.

“Pretendo ser melhor do que meu pai, chegando aos maiores eventos de luta do mundo. E quero ter o meu pai ali do lado do córner quando eu estiver disputando”.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados