search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Medidas tributárias para o combate ao coronavírus
Tribuna Livre

Medidas tributárias para o combate ao coronavírus

A Covid-19 tem se mostrado um fardo pesado para os países desenvolvidos, e um cenário um tanto catastrófico para os países em desenvolvimento, ainda mais se nada for feito para inibir ou atrasar o contágio.

Como parte dos doentes evoluem para uma dificuldade respiratória, acabam precisando de internação. No Brasil, onde 75% da população é assistida pelo SUS (Sistema Único de Saúde), e este já trabalha no limite de sua capacidade, uma onda de internações impactaria fortemente nas contas públicas.

Se a doença é ruim para o cidadão, para o orçamento público ela é péssima, e para os contribuintes de certos setores econômicos é um verdadeiro pesadelo.

Além de aumentar a despesa com a Saúde, a doença ainda diminuirá a arrecadação em muitos setores da economia. Grande parte da empresas e profissionais liberais terão seus faturamentos duramente reduzidos pela Covid-19. Por isso não se faz necessária somente medidas sanitárias para a contenção da pandemia, tornam-se imprescindíveis também medidas tributárias por todos os entes federativos.

Muitos países já anunciaram que as empresas afetadas pela Covid-19 devem procurar ajuda no respectivo Fisco. França, Dinamarca, Itália e Austrália resolveram conceder um adiamento para os pagadores de impostos. Algo próximo ao que nosso Código Tributário Nacional denomina de “moratória”, em que se suspende o pagamento de determinados tributos para os contribuintes que se adequem a hipóteses definidas pelo Fisco.

A China reduziu o imposto sobre o valor agregado (IVA) em dois terços. A Austrália determinou o aceleramento das restituições de impostos. O Reino Unido abriu canal por telefone para os contribuintes ligarem solicitando conselhos e negociarem a suspensão de pagamentos dos impostos, e os Estados Unidos também estudam um pacote tributário.

No Brasil a realidade é mais dura. A maior parte dos entes federativos já estão endividados e encontram dificuldade em arcar com o pagamento dos servidores e aposentados. A União fechou 2019 com déficit de R$ 95 bilhões. Tal quadro dificulta a concessão de benesses para os contribuintes prejudicados pela Covid-19. Mas algo deve ser feito.

O governo federal iniciou algumas medidas, ainda que tímidas, e anunciou, na última segunda-feira, a dilação do prazo para os empregadores pagarem o FGTS. É pouco, mas já ajuda.

Os governos estaduais e municipais também devem dar sua parcela de apoio para ajudar os contribuintes caso a crise se estenda. Medidas como conceder moratória a certos segmentos econômicos e a suspensão temporária das parcelas do último Refis.

A depender das projeções, até mesmo a instituição de empréstimo compulsório, que é uma espécie de tributo restituível, não seria uma ideia ruim.

Tributa-se aqueles que foram menos afetados pela pandemia para custear os gastos do governo com o tratamento e a contenção da doença. O que não pode acontecer é acharmos que a Covid-19 é um problema dos outros e nunca nosso.

 Adalmo Oliveira é procurador do Estado e doutorando em Direito Financeiro e Tributário.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Tempo livre como aliado para descobrir a nossa essência

Infelizmente vivemos um momento que requer reclusão social para que só assim possamos diminuir a curva viral da Covid-19, que já matou mais de 65 mil pessoas em todo o mundo. Com crianças e adultos …


Exclusivo
Tribuna Livre

Prós e contras da Medida Provisória 936 de 1º de abril

Para tentar garantir empregos e salvar empresas da falência, o governo federal anunciou uma série de ações econômicas diante da pandemia da Covid-19. A última foi a Medida Provisória 936, publicada …


Exclusivo
Tribuna Livre

Coronavírus e a prorrogação de mandatos políticos

A partir do momento em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a existência de pandemia em função da proliferação do coronavírus em todo o mundo, houve no Brasil a compreensão da gravidade …


Exclusivo
Tribuna Livre

Momento é grave e requer a união de todos

Crises de proporções gigantescas, como a que vivemos nesses dias, desestabilizam todo mundo e criam um cenário de preocupação que vai além da enfermidade propriamente dita. As crises sempre trazem à …


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem sairá menor da crise provocada pelo coronavírus?

Conhecido adágio popular diz que “mar calmo nunca fez bom marinheiro”. Tempos difíceis costumam provar se a têmpera de uma pessoa ou instituição é, de fato, prestável. Neste momento de crise …


Exclusivo
Tribuna Livre

Solidariedade nos EUA e no Brasil para enfrentar a Covid-19

No meio desta semana os números da pandemia da Covid-19 já eram estarrecedores. Um milhão de contaminados e mais de 55 mil mortos ao redor do mundo. Aqui, nos Estados Unidos, a agência responsável …


Exclusivo
Tribuna Livre

Como manter a saúde das empresas em tempos de Covid-19

Em meio às mudanças nas relações de trabalho impostas pela pandemia da Covid-19, os empresários de todo o País acabaram se vendo sem direção sobre questões trabalhistas que envolvem o home office, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Covid-19 e o cuidado com o consumo de alimentos

Quem trabalha no agronegócio já está adaptado em responder as acusações, por muitas vezes infundadas e distorcidas, e quase em sua totalidade, desprovidas de conhecimento técnico, métricas e estudos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A Ufes e o começo de uma nova gestão

A Universidade Federal do Espírito Santo é um patrimônio de suma importância para a sociedade. De forma inusitada, coube-me, a partir do dia 23 de março, assumir o cargo de reitor desta instituição, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Covid-19 e as incertezas sobre os impactos da pandemia no Brasil

Quedas nas bolsas de valores, aulas suspensas, comércios fechados, eventos cancelados, trabalhadores em casa, governos decretando “estado de calamidade pública”, órgãos públicos fechados, recomendaçã…


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados